A moda nesse verão vai ser o amarelo

Amarelo com listras pretas. Amarelos com listras pretas manchado de sangue como Uma Truman no mais novo filme do nosso querido Quentin Tarantino, Kill Bill.

Como sempre o Tarantino é assim: qualquer semelhança com a ficção é mera copia! Muitas referências estão lá, desde o genérico lembrando filmes japoneses dos anos 70, até o maravilhoso macacão usado pela heroína Black Mamba (The Bride para os íntimos) inspirado da vestimenta usada por Bruce Lee no filme Jogo da Morte.

Imagem

Parece que o projeto inicial era fazer apenas um filme, mas a coisa foi ficando grande e grande, que a produtora sujeriu fazer dois !!
Por que não dois?
As continuações estão na moda ultimamente ! Matrix, Senhor dos Aneis, Star Wars e coisa e tal !
Kill Bill pra mim deu a impressão que não se passa muita coisa que justifique os seus dois volumes!
Acho que é por causa desse monte de diálogos inúteis que ele mete no meio do filme. Aqueles diálogos falando de massagem nos pés ou sobre Mr. Black ou Mr. Blue!

Apesar de sua exuberância física, suas limitações eram enormes: uma de suas pernas era mais curta que a outra e era míope, tendo que usar lentes de contato em seus filmes. Alguns autores acham que isso o levou ao Wing Chun (Ving Tsun).

Jackie Chan começou sua carreira em Hong Kong como dublê nos filmes de Bruce Lee.

Em 1970, levantando pesos sem aquecimento, Bruce Lee feriu o 4º nervo sacro permanentemente. Os médicos disseram que ele nunca mais poderia chutar, mas ele duvidou e venceu o problema, apesar de haver ficado com dor crônica nas costas pelo resto da vida.

Esse problema nas costas o deixou seis meses em repouso. Ele aproveitou para ler e fazer anotações, Encheu oito volumes com anotações que depois foram condensadas no livro “O Tao do Jeet Kune Do” por sua mulher, Linda, após a sua morte.

O uso do nunchaku em seus filmes gerou críticas da imprensa por esta arma ser de uso proibido em muitos estados norte-americanos e outros países do mundo.

Tiveram que suspender a exibição de “A Fúria do Dragão” por uma semana para que pudessem organizar o trânsito na cidade, tal o caos que os fãs dele criavam ao tentar assistir seu filme.

Nesse mesmo filme, Bruce Lee não queria glorificar a violência. Assim, insistiu para que sua personagem morresse no final, como uma espécie de acerto de contas pelas pessoas que havia matado.

Já naquela época ele possuía um gravador de vídeo que usava para gravar lutas da TV. Também comprava rolos de filmes com campeonatos, especialmente as lutas de Muhammad Ali, para analisar depois e tentar achar boas idéias para cenas de ação.

Todas as cenas de luta que realizava eram coreografadas cuidadosamente com a ajuda de sua mulher como oponente, às vezes varando a madrugada.

Na falta de mulheres para atuar em “Operação Dragão”, o diretor Robert Clause “alugou” algumas garotas de programa de Hong Kong.

No mesmo filme, Bruce Lee contracenou com uma cobra. A cobra acabou atacando-o e picando-o. Felizmente o veneno havia sido removido com antecedência, ficando o local da mordida muito dolorido.

Os filmes de Hong Kong usavam música pré-gravada em seus filmes. Bruce fez questão de colocar uma trilha sonora original em “O Vôo do Dragão”, onde ele mesmo tocou percussão.

Mestre Li Hon Ki, introdutor do estilo Wing Chun no Brasil, trabalhou como ator e dublê em Hong Kong, tendo auxiliado as coreografias de “Operação Dragão”. Ele também é discípulo do Mestre Duncan Leung, primo legítimo de Bruce Lee e atualmente radicado nos EUA.

O Jeet Kune Do, arte marcial de Bruce Lee, teve todo o seu núcleo desenvolvido em cima do Wing Chun que ele praticou em Hong Kong.

Postado por: Vinícius Lee

Deixe o seu comentário e divulgue o nosso blog!
Curta a nossa página: www.facebook.com/bruceleebr
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/#!/brucelee_br
Participe do grupo: www.facebook.com/groups/bruceleebrasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s