Uma pequena biografia de Bruce Lee

Bruce Lee nasceu em San Francisco (Califórnia) em 27 de novembro de 1940 e formou-se em Filosofia na Universidade de Washington, mas tinha quase nada de californiano. Bebê prematuro, sua mãe queria chamá-lo de Lee Jun Fan, mas a burocracia Norte Americana, exige um nome Americano. Uma das parteiras de Bruce, e o casal Chinês, Grace Lee e Lee Hoi Chuen, concordou. Com Bruce ainda pequeno, a família Lee voltou para Hong Kong. Lá, ele demonstrou ser um garoto extremamente irritado, que passava trotes e brigava com os vizinhos, era sonâmbulo e tinha frequentemente pesadelos. Entre uma confusão e outra, contracenava com seu pai, ator da ópera cantonesa, em produções teatrais.

Estreou no cinema aos sete anos e fez vários filmes na infância e adolescência onde sempre interpretava personagens problemáticos. Na adolescência, matriculou-se numa escola de Wing Chun, uma das ramificações do Kung Fu. Foi uma tentativa pouco feliz de canalizar sua energia. Seus pais então o mandaram de volta aos Estados Unidos, onde ele deveria estudar e reconhecer sua nacionalidade americana. Aproveitando sua obsessão pela leitura, Bruce estudou filosofia. Foi garçom, lavador de pratos e, claro, instrutor de Kung Fu, sobre o qual publicou um livro em 1962. Os Estados Unidos fizeram bem a Bruce. Em 1964 ele se casou com Linda Emery e se mudou para Califórnia onde deu aulas de artes marciais para vários atores, entre eles Steve McQueen e James Coburn. Ao participar do torneio Internacional de artes marciais de Long Beach, foi visto pelo produtor William Dozier que o convidou para fazer um teste na 20th Century Fox. O seriado iria se chamar “O Filho de Charlie Chan”. O seriado acabou não saindo do papel, mas a Fox chamou Bruce para um papel secundário em “O Besouro Verde”, onde ele interpretava o motorista mascarado do herói principal. O seriado não foi um sucesso, mas se tornou cult após a consagração posterior de Bruce. Então Bruce ajudou a desenvolver o seriado Kung Fu, que contaria as aventuras de um monge shaolin no velho oeste. Mas foi preterido pelo ator David Carradine.

Decepcionado ele voltou a Hong Kong, onde o seriado “O Besouro Verde” era um grande sucesso. Então o produtor Raymond Chow o convidou para estrelar três filmes de um pequeno estúdio chamado Golden Harvest. “O Dragão Chines”, “A Fúria do Dragão” e o “Vôo do Dragão”, quebraram todos os recordes de bilheterias da Ásia. Isso não passou despercebido de Hollywood, a Warner o chamou para estrelar “Operação Dragão”. Lançado em 1973, o filme se tornou um sucesso mundial de bilheteria. Porém Bruce Lee morreu no dia 20 de julho de 1973, três semanas antes da estréia americana de “Operação Dragão”. O filme criou um culto à memória de Bruce Lee e criou também um entusiasmo sem precedentes pelas artes marciais, tornando-as populares até os dias de hoje. A causa mortis de Bruce foi apontada como sendo edema cerebral agudo, causado por hiper-sensibilidade a um dos componentes químicos do analgésico equagesic, após sentir uma forte dor de cabeça. Esta é a versão oficial aceita pela própria família. Qualquer outra abordagem, não passará de mera especulação. O importante é que Bruce Lee deixou como herança uma filosofia de vida baseada no controle do corpo e da mente, além de uma maneira totalmente revolucionária de se abordar as artes marciais, que ele denominou Jeet Kune Do.

Imagem

Postado por: Vinícius Lee

Deixe o seu comentário e divulgue o nosso blog!
Curta a nossa página: http://www.facebook.com/bruceleebr
Siga-nos no Twitter: http://www.twitter.com/#!/brucelee_br
Participe do grupo: http://www.facebook.com/groups/bruceleebrasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s