Comentários de Bruce Lee sobre o Caminho Marcial – 5/10

INTRODUÇÃO

Imagem

Arte Marcial, como toda a arte, é a expressão do ser humano. Algumas tem sabor, outras são lógicas (talvez sobre determinadas situações exigidas), mas a maioria das artes marciais são uma mera realização de uma espécie de mecanismo de repetição de um padrão fixo.

Isso é o mais saudável, pois viver é expressar e para tal você tem que criar. A criação nunca é uma mera repetição. Lembre-se bem meus amigos, que todos os estilos são feitos pelo homem, e o homem sempre é mais importante que qualquer estilo. Estilos concluem, os homens crescem.

Arte Marcial é definitivamente uma ética expressão da dinâmica do corpo humano. Mais importante que isso é a pessoa quem está expressando a sua alma (seu verdadeiro ser). Arte Marcial é um desdobramento do que cada um é – suas raivas, seus medos – e ainda em todas essas tendências humanas naturais (em toda sua experiência, e pós ela depois de tudo), a qualidade de um artista marcial está em – no meio de todas estas comoções ainda ser ele mesmo. 

– Bruce Lee

PARTE 1 :

COMENTÁRIOS SOBRE O CAMINHO MARCIAL

REFLEXÕES SOBRE O COMBATE

1658612_621417624579789_532156754_o

Arte Marcial inclui todas as artes combativas como Karatê, Judô, Kung Fu ou Boxe Chinês, Aikido, Tae Kwon Do, e eu poderia ir e dizer o nome de todas as artes. Mas em uma forma combativa de luta, quero dizer, algumas delas tornaram-se esportivas, mas outras não. O que pretendo expor é que, algumas delas, por um instante que for, chutam a virilha, desferem golpes de dedo nos olhos e coisas desse tipo.

Um animal salta em cada som… a folha responde a cada toque de ar… mas um homem iluminado em combate só se move quando ele escolhe – somente quando necessário – na verdade, o movimento antes que seja necessário. Ele não está tenso, mas pronto. Ele nunca está definido, mas flexível.

Infelizmente, agora no Boxe as pessoas só podem socar. No Judô as pessoas só estão autorizadas a projetar. Eu não desprezo estes tipos de artes marciais. O que quero dizer é que encontraram um jeito de criar formas rígidas que são as diferenças entre os clãs, e o mundo da arte marcial é quebrada como resultado disso. O outro é fraqueza, quando os clãs são formados, o povo do clã vai realizar o seu tipo de arte marcial como uma única verdade, e não se atrevem a reformá-las ou melhorá-las. Assim eles estão confinados em seu próprio mundo minúsculo.

É fato que eles tem um ponto fraco e um ponto forte; precisam de uma autoanálise e melhoria. Como estão pobres em seu espírito, só conseguem ver seus pontos fortes, mas não seus pontos fracos. A pessoa está confinada aos seus pensamentos e não é capaz de falar livremente. Portanto, se ele quer buscar a verdade, ele não deve ser confirmada pelas formas mortas.

O Sucesso de um artista marcial depende de:

Ênfase na velocidade fluída – a tensão confina e reduz a velocidade do tempo de reação.

Ênfase na confiança – a toda a hora.

Não hesite em golpear – Em tudo o que está lá, sempre existe uma abertura.

Confunda o oponente – nunca faça a mesma coisa duas vezes, mexa-se sempre que o oponente vier atacá-lo. Cada lutador tem suas próprias ferramentas (velocidade, etc).

Qualidades

Instinto primitivo natural 

A técnica deve ser natural, misturando-se com a quietude e (bem como violento) a destruição repentina.

Um bom lutador deve ter a qualidade de sempre estar pronto para qualquer movimento e treina para ser invencível.

Um pequeno aprendizado é uma coisa perigosa.

Nunca telegrafe seu movimento – isso é só um bom senso na arte de lutar. 

Um bom lutador mantém seus olhos sempre abertos. 

Quando o oponente avança, você intercepta!

A raiva cega!

Equilíbrio controlado de rápida transição, tanto da postura de ataque quanto de defesa com velocidade e poder

Uma conversa sobre as táticas

Finja inferioridade e encoraje a arrogância dele – técnica de enganar – ação – algumas vezes – cabisbaixo!) A arrogância corrompe.

Se você está entre esses que não podem entender os perigos, então, inerentes em combate, como tais perigos que você também é inseguro ou simplesmente incapaz de entender os modos vantajosos de lutar.

Toda a arte marcial é simplesmente uma expressão honesta do corpo, com muitas decepções no caminho. 

Represália a um blefe 

Eu nunca conheci um homem convencido quem eu não o achei inferiormente envergonhado. 

O último nível da pessoa é a habilidade de estar sem forma determinável. Não só o fato da não-forma nunca ser limitada, mas também pelo fato que a pessoa não pode ser golpeada – ação – e as armas mais penetrantes não podem te atingir, nem mesmo os sábios planos seculares. 

Uma pessoa portando uma arma pode estar em desvantagem

O homem que puxa uma faca contra você, pode estar em desvantagem. Ele tem chances de perder a briga pelo simples fato de, psicologicamente estar focado em sua arma e esquecer todo o resto. O pensamento dele é limitado ao uso exclusivo daquela arma.

Por outro lado, uma pessoa desarmada está pensando em todas as suas ferramentas. Pensando e analisando 360 graus ao redor.

Contra um homem com um cassetete. 

Ele esta segurando algo com ambas as mãos. Em outras palavras, o que ele fará: vai balançar, estocar, jabiar? Ele tem um problema. O que ele vai fazer com os pés? Ele perderá o equilíbrio, se segurar o cassetete e tentar chutar você ao mesmo tempo. Esta é a desvantagem dele.

Minha arte marcial e meu sucesso

Quando eu comecei nas artes marciais, não tinha qualquer intensão quando estava treinando (sendo que até hoje continuo no meu processo de treinamento) de chegar a isso. Mas a arte marcial teve um enorme significado em minha vida, pois tudo o que sou veio dessa minha prática. 

Use o Karatê, Judô, Aikido ou qualquer estilo para construir sua contra ofensiva. Será interessante.

1656153_621716301216588_189021898_n

Nos treinos de combate

Toda segunda, quarta e sexta eu trabalho as pernas. Toda quinta e sábado eu trabalho meus socos. Nas quartas e domingos eu faço sparring (
luta). 

O melhor modo para aprender a nadar é entrar de fato na água e nadar. O melhor modo para aprender JKD é lutar. Só com uma luta de sparring livre é que poderá praticar o tempo certo (timing) e ter o julgamento correto da distância. 

Ao lutar a mente deve estar quieta e calma. A atenção concentrada e a energia baixa mantêm as partes do corpo em harmonia perfeita. As posturas devem ser naturais, capazes de qualquer movimento improvisado, sem qualquer força desajeitada e respondendo imediatamente depois de sentir.

Pontos de Luta 

Requer individualidade em lugar de repetição imitativa. 

Em liberdade primária a pessoa utiliza todos os modos e não é encadernado por nenhum, e utiliza qualquer técnica ou meios que sirvam à seu fim. 

Simplicidade de expressão em lugar de complexidade de forma. 

Faça de sua luta um jogo – mas jogue seriamente. 

Não leve sua luta exageradamente séria. 

Totalidade em lugar de parcialidade. 

Dissolva-se como um gelo em processo de descongelação (com forma) em água (sem forma e capaz de adaptar-se a qualquer coisa – não pode ser confinada). 

Quando você não tem forma, você pode ter todas as formas. Quando você não tem estilo, pode ter todos os estilos. 

Na luta não há respostas; a verdade não tem futuro, deve ser entendida de momento a momento; Quando algo é estático, fixo, morto, pode haver um modo, um caminho definido que pode ser visto, mas não para o que está movendo e está vivendo. Não há nenhuma convicção ou método, mas percepção, flexível e escolhas de consciência. 

Para se ter uma consciência sem escolha, deve-se ter a totalidade, do vazio – todas as linhas, todos os ângulos. 

Se a pessoa está isolada, ela está congelada e paralisada. Estar vivo é estar relacionando-se. Ação é nossa relação com nosso oponente. 

Ação não é uma questão de certo ou errado. Só quando a ação é parcial e não total que há “certo” e “errado”. 

Economia de Movimento 

Chutando e golpeando, especialmente quando lançada da posição de guarda, elimine todos os movimentos desnecessários e contrações de músculo que reduzam a velocidade e o cansam sem realizar qualquer propósito útil. Muita energia perdida pela tensão contrária dos músculos restringem o movimento – aprenda e sinta a própria contração e recuperação, caso contrário será como uma locomotiva sem freio, não sabe a hora certa de parar.

Adquira a percepção cinestésica em tensão que cria situações – distinga entre o relaxamento e os estados tensos. 

A prática controla as respostas voluntárias do corpo em sua vontade. Use os músculos somente quando exigido para executar o ato, enquanto isso, os economize dentro do possível. Não use os músculos como performance de movimentos que não irão contribuir para o ato ou que interfira em algum. Gaste ambos, a energia mental e física construtivamente (econômico, neuromuscular, movimento perceptivo). Quando coordenado, movimentos graciosos e eficientes, os músculos opositores devem ser relaxados e devem ser alongados pronta e facilmente. 

Tenha a percepção, prática e a boa vontade para treinar a mente em novos aprendizados e novos hábitos. Colocando também o corpo em novos hábitos de ação e pensamento. O vencedor é aquele que faz todo o movimento por conta, ele realiza resultados ao máximo com uma despesa mínima de energia. 

Você e seu oponente são apenas um. Há uma relação coexistindo entre vocês. Você coexiste com seu oponente e se torna o complemento dele, enquanto que absorvendo o ataque dele e usando a força dele para o superar.

Formas e Sequências de Kata não são a resposta

Eu penso que praticar as formas do Kung Fu e do Karatê não é um bom caminho. Além disso desperdiça tempo e não pratica a real situação (luta). Algumas pessoas são altas, algumas são baixas, algumas são robustas, alguns são esbeltos. Há vários tipos de pessoas, se todos eles aprenderem a mesma forma de lutar, então quem conseguirá ajustá-la.

O nível mais elevado é a não-forma

Eu penso que o nível mais alto da arte marcial, em aplicação, é não ter nenhuma forma absoluta. Realizar um padrão A com padrão B pode não estar absolutamente correto. Eu sinto que tais artes marciais não deveriam limitar-se em um círculo. Isso produzirá nos estudantes uma ideia errada, pensando que um certo padrão alcançará o mesmo resultado que uma luta.

Qual será a melhor arte marcial?

1622320_621723434549208_110276693_o

Penso que não exista tal coisa como um seguimento efetivo de uma totalidade. Eu não acredito, pessoalmente, na palavra estilo. Por que? porque ao menos que nós tenhamos um outro grupo de seres no planeta que sejam estruturalmente diferentes de nós, daí sim poderia haver um estilo de luta diferente.

Por que isso? porque, basicamente, somos feitos da mesma estrutura (dois braços e duas pernas). A infelicidade são os rótulos de que o Boxe é apenas com as mãos e o Judô somente projeções. Deixo claro que não estou criticando-as, preste bem atenção – os estilos fazem com que a arte marcial seja separada e consequentemente as pessoas também. Os fundadores dos estilos apenas partiram com uma hipótese em sua época, no qual hoje tornou-se uma verdade religiosa. As pessoas que vão para isso, tornam-se o produto do estilo. Não importa como você é, qual a sua estrutura e como é feito. Você entra no estilo e logo se torna aquele produto, aquele rótulo. Pra mim, isso não é bom. 

Nacionalidades não significam nada

Muitas pessoas vão chegar a ser instrutor, mas a maioria delas dizem: “Ei cara, qual é a verdade? Se você sabe, poderia entregá-la a mim? Assim, portanto, alguém diria: “Vou te dar o modo Japonês de fazer isso”. E outro alguém poderia dizer: “Vou te dar o modo Chinês de fazer isso”. Mas pra mim isso é tudo bobagem, pois enquanto não existirem homens com três mãos ou homens com quatro pernas, não há (não pode ser) uma forma diferente de fazê-lo. 

Um processo constante de se relacionar

Quando eu vejo um artista marcial japonês, por exemplo, posso perceber as vantagens e desvantagens. Nesse sentido, eu me relaciono com ele. O homem vive se relacionando, e são nestas relações que crescemos. 

Pois arte marcial é minha carreira, eu a uso como meio de expressar meus ideais. Um verdadeiro lutador deve lutar por justiça. Além disso, quando ele decide lutar, ele deve ser sincero e lutar com todo seu coração até o fim. Só de tal forma que ele poderá desenvolver um bom caráter, com total verdade e sinceridade. 

Duelos (combate), em última análise, são simplesmente um teste individual da “essência”. 

Não ficar preso mentalmente e não cumprir a si mesmo é a raiz da vida. 

Estratégia de distrair atenção / Sinais auditivos e o tempo de reação

Focalize nos movimentos, maior velocidade. Não focalize toda a sua atenção em um único sinal. Deste modo a pessoa pode ter o tempo e o ritmo certo. Caso o autor dos golpes tenha um comportamento padrão, de forma que ele pode começar com uma finta, não reaja à finta.

Experiências indicam que a iniciativa de agir pode se fazer sonora em vez de visual, a resposta do atleta é mais rápida.  Fazer uso dela junto com visual se possível.

Estratégia de distrair a atenção

Repetição – para a percepção mais rápida, a atenção deve estar no foco máximo na coisa a ser percebida.

Sinais auditivos e tempo de reação

Experimentos indicam que se o ímpeto de agir puder ser feito auditivamente ao invés de visualmente, a resposta do atleta é mais rápida. Faça uso disso em conjunto com estímulo visual, se possível.

Fatores de consciência de visão que todos os artistas marciais deveriam considerar

Consciência no ataque 

Consciência na contagem

Consciência na combinação

Veja, os chutes e socos não são armas necessariamente voltadas para atingir o adversário. Essas ferramentas podem ser reflexos de nossos medos, frustrações e tudo o mais. Arte marcial pode ajudar no seu processo de crescimento.

A verdade é a filha de inspiração; análise e debate intelectual somente, mantém as pessoas longe da verdade. É como o dedo apontado para a Lua. Não pode concentrar-se no dedo ou você perderá toda a glória celestial.

1508508_632072763514275_1235162319_n

Você pode ser um escravo na forma mental religiosa de se viver. Não podemos viver para, nós simplesmente vivemos.

A cabeça também é parte do corpo humano, deve ser encarada como uma ferramenta junto das demais.

Se a pessoa só preparar a parte da frente, a traseira estará enfraquecida. Se a pessoa só preparar a esquerda, a sua direita estará vulnerável e vice-versa.

Um temperamento explosivo te fará rapidamente bobo o bastante.

Uma pessoa covarde será pego facilmente, porém uma pessoa despreocupada pode ser morta!

O verdadeiro poder de nossa habilidade vem do auto-conhecimento – a libertação do ego – não como uma arma.

Orgulho externo não é o bom caminho, é a auto-suficiência interna.

A habilidade instintiva deveria ser bem combinada com a auto-investigação e julgamento.

Eu noto que descobri que os torneios são os lugares onde os seres humanos estão praticando uma proteção ao jogo do orgulho.

Organização Brasileira de Jeet Kune Do (OBJKD)
http://www.objkd.com.br/
https://www.facebook.com/OBJKD

Postado por: Vinícius Lee

Deixe o seu comentário e divulgue o nosso blog!
Curta a nossa página: http://www.facebook.com/bruceleebr
Siga-nos no Twitter: http://www.twitter.com/#!/brucelee_br
Participe do grupo: http://www.facebook.com/groups/bruceleebrasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s