Comentários de Bruce Lee sobre o Caminho Marcial – 6/10

Dialogo além da psicologia

(Baseado na Obra de Sun Tzu – “A Arte da Guerra”)

Finja inferioridade após um movimento evasivo para incentivar a arrogância do oponente para a sua vantagem.

Seu cérebro é o general de sua cabeça e se o general se irritar, sua autoridade pode ser facilmente perturbada.

No combate entendemos, que na conversa é usada energia normal no envolvimento, e usa-se a energia extraordinária para vencer.

Imagem

Sobre os desafios

Desde quando eu aprendi arte marcial, eu também já fiz muitos desafios à vários instrutores formados e, claro, alguns outros também vieram e tem me desafiado. Mas eu aprendi que um desafio tem um significado íntimo sobre “Qual é a sua reação ao desafio? O quanto isso te atinge?” Agora, se você está seguro dentro de si, consegue tratar o desafio como algo que não é nada demais, porque pergunta a si mesmo: “Tenho algum medo deste homem? Tenho alguma dúvida de que este quem me desafia irá ter sucesso?

Se tenho essas dúvidas e esses medos, então certamente devo tratá-los bem de leve, assim como hoje a chuva está forte, amanhã o sol, ou em alguma hora, o sol irá sair novamente. Quero dizer que o temperamento de um desafio é algo como isso.

Imagem

Minhas habilidades em combate

Todo o tempo as pessoas vem até mim e perguntam: “Bruce, você realmente é bom?” eu respondo: “se eu te disser que sou, provavelmente você irá me considerar arrogante, mas se eu te falar que não sou bom, estarei mentindo”.

Eu não sinto medo de um oponente a minha frente. Eu sou muito auto-suficiente, e eles não me incomodam. Eu poderia lutar, eu poderia fazer qualquer coisa, pois tenho algo em minha mente que, meu querido, é melhor você me matar antes que eu te pegue.

Para falar a verdade eu poderia bater em qualquer pessoa deste mundo.

Uma vez me perguntaram o que eu irei fazer quando tiver 50 anos ou 60 anos de idade. Eu respondi: “Cara, não vai haver 50 e nem 60 anos de idade que poderá me derrotar.

Imagem

Porque a elite de Hollywood quer aprender artes marciais?

A maneira que eu ensino, todos os tipos de conhecimento, em última análise, significa o auto-conhecimento. Por isso que essas pessoas me pedem para ensiná-las. Nem tanto para aprender a se defender, ou como como submeter alguém. Em vez disso, eles querem aprender a se expressar através de algum movimento, seja raiva, seja determinação, ou qualquer outra coisa. Então, em outras palavras, eles estão me pagando para mostrar, de forma combativa, a arte de expressar o corpo humano.

Não olhe para os movimentos secretos, não dê atenção a esses segredos. Se você está sempre à procura de técnicas secretas, irá perdê-las. Está tudo em você! A chave está em seu corpo!

Imagem

Completa determinação – a marca de um verdadeiro lutador

Você tem que ser feroz e paciente ao mesmo tempo. O mais importante de tudo é você ter uma completa determinação. O pior oponente que você pode encontrar é um cuja determinação tornou-se uma obsessão. Por exemplo, se uma pessoa com determinação decidir que vai morder seu nariz, não importa o que aconteça a ela no processo, as chances são grandes de conseguir o que quer. Ele pode até ser abatido severamente, mas isso não o parará de levar a cabo o seu objetivo. Este é o real lutador.

Uma lição de atitude

Supondo que você chegue em casa e encontra uns caras batendo em seu amigo. Primeiro você irá pensar sobre o que você deve fazer. Então você vai tentar agir e entender como. Mas suponha que em vez de um amigo, fosse sua mãe! Uau! você estará muito mais pronto e com imediata atitude. Essa é a mais pura atitude.

Imagem

O Wu-Hsin (ausência de pensamento/ ação natural) nas artes marciais

O que o homem tem de superar é a consciência. A consciência de si mesmo.

A fluidez que um artista marcial busca pode ser descrita melhor pela história da centopeia, que ao ser perguntada sobre como administrava sua função de locomoção complexo, ao parar pra pensar, tropeçou e caiu. Assim que a vida deveria ser. Um processo natural no qual não é permitido o desenvolvimento da mente jogar fora o fluxo natural de vida e de equilíbrio.

Estar Inteiro

Quando o homem pensa que está fora do que ele tenta compreender. Sentir a existência aqui e agora quando não há interrupção e discórdia por ideias e conceitos. No momento em que para de analisar e deixa fluir, podemos de fato começar a enxergar e sentir – como um todo. Não há um autor ou um ser posto em prática, mas a ação em si. Devo ficar com meu sentimento – senti-la ao máximo sem nomeá-la. Por fim, sou eu e o sentimento que se fundem para ser apenas um. O meu “eu” sente que já não pode ser separado do meu corpo (o “eu” espiritual e o “eu” físico) e de toda a ideia de levar vantagem ou receber externamente de algo que se torna absoluto. Na minha visão, não há em mim (para não mencionar o pensamento) algo que a unidade das coisas de que eu estava consciente no momento.

Eu não teria como sentir um padrão conceitualmente definido, e a qualidade essencial do sentimento devido, simplesmente reside no sentimento. Não faça, quando no meio de seu próprio pensamento, de sair por um momento e examinar a si mesmo para ver se está aproveitando e recebendo o melhor da ocasião. Ou não contente em se sentir feliz queira sentir-se sentindo-se feliz.

Longstreet: Espere um minuto. Deixe me pensar.

Bruce Lee: Se você ainda tem que pensar, significa que ainda não entendeu.

É quando você age com consciência inconsciente, basta agir! É como quando você joga uma bola pra mim e, sem pensar, minhas mãos abrem para pegá-la. Ou quando uma criança ou animal corre de frente para o carro e você automaticamente pisa no freio. Quando você lança um soco em minha direção, eu intercepto e contra-ataco, mas sem pensar. Apenas acontece.

Imagem

Arma de fogo versus artista marcial

Hoje em dia, quero dizer, você não pode sair pela rua chutando e batendo nas pessoas. Porque se você fizer isso, pode alguém puxar uma arma colocar em sua cabeça e bang! E isso, não importa o quão bom lutador você seja.

Eu comecei a estudar artes marciais aos 13 anos de idade. Com o mestre Yip Man, num estilo chinês, cuja a forma era o Wing Chun. Alguns chamam de Gung Fu, ou uma variação do Karatê. Mas é errado chamar assim pois o Karatê veio depois do Gung Fu.

Imagem

Minha origem nas artes marciais

Eu comecei a estudar artes marciais aos 13 anos de idade, com o mestre Yip Man, num estilo chinês, cuja a forma era o Wing Chun. Alguns chamam de Gung Fu, ou uma variação do Karatê. Mas é errado chamar assim, porque o karatê veio depois do Gung Fu. Quero dizer, o Karatê, e todas as outras, vieram após ela.

VARIEDADE MARCIAL E AVALIAÇÕES

Imagem

No Gung Fu

A palavra Gung Fu inclui técnicas com as mãos, pés, joelhos, cotovelos, ombros, cabeça e coxas, os 36 lançamentos, as 72 chaves e as 80 diferentes armas. As espadas são as técnicas mais difíceis do Gung Fu. Requer pelo menos dez anos de treinamento duro para ser um mestre nisso. A espada deve estar unida com a mente e ser utilizado como parte do corpo.

Gung Fu Clássico Analisado

1 – Classicamente inclinado – posição de mão, ritualístico e técnicas irreais.

2 – Ritmo de treino – formas, dois homens cooperando.

3 – Parcial na estrutura – O núcleo e a Circunferência.

Imagem

A diferença entre o Boxe Chinês e o Boxe Ocidental

Bem, primeiramente nós usamos os pés. Depois nós usamos os cotovelos. Nós usamos tudo, veja, é por isso que é a expressão do corpo humano. Quero dizer tudo – não só as mãos. Quando você está falando sobre combate, bem, quero dizer, como um esporte, então agora você está se referindo a outra coisa. No combate esportivo você tem regulamentos, tem se regras. Mas se você for falar de luta real, como ela é propriamente, sem regras – bem, então é melhor você treinar cada parte do seu corpo.

O Boxe versus uma Luta real

Se você coloca luvas, estará lutando com regras. Você precisa saber que as regras prevalecem. Mas na rua você tem mais ferramentas a seu favor – chutes, projeções, socos e etc.

Imagem

Quebrando madeira

Madeira não revida! Sobre este assunto de quebrar tijolos e tábuas: Eu lhe pergunto, você já viu um tijolo ou uma tábua provocar uma briga com qualquer pessoa? Esse é o artifício das coisas. Um ser humano jamais fica parado em pé esperando ser golpeado.

As polêmicas vindas dos tradicionalistas

A maioria deles (os instrutores de artes marciais tradicionais) se aproximam como um cachorro teimoso. Quero dizer que a atitude deles é de dizer: “Bem, 200 anos atrás foi ensinado assim” – então…você sabe, mantendo esse tipo de atitude você nunca crescerá, pois aprender é uma descoberta sem fim; uma constante procura. Considerando que se nós seguirmos o velho método, é uma mera repetição contínua do que foi desenvolvido há anos atrás.

Os professores tradicionais dizem, “se seu oponente fizer isso, então você faz isso e aquilo outro”. Enquanto você está se lembrando de todas as dicas, o outro cara estará te matando!

Imagem

Nas Limitações do Wrestling e Judô

Apenas um esporte (nenhuma tática suja).

Falta táticas de longo alcance (Chutes, puxões de cabelo, Jab de dedo, joelhadas, cotoveladas, passos, golpes na virilha, mordidas e puxões de orelha).

Nas Limitações do Boxe Tailandês

Um esporte (nenhuma tática suja).

Sem imobilizações.

Falta estrutura econômica e a ciência da defesa.

Não tem o costume de lançar ataques nos olhos e virilhas – movimentos limpos.

Nas Limitações do Lutador de Rua

Falta de sutileza na estrutura.

Falta de afiar com eficiência as ferramentas básicas marciais.

Falta atitude mental correta.

Imagem

Como lidar com várias artes

Uma questão: Quais são as técnicas mais favoritas? (facilidade, segurança e eficiência)

Boxe Ocidental, Thai Boxing, Karatê, Tae Kwon Do, Wrestling, Judô

Questões de análises:

mesmos ataques

mesmo contragolpe

Quando estiver em dúvida

PRÓS e CONTRAS

Boxe Ocidental

PRO:

Bom jogo de perna

Variedades de socos (Jab – Hook – Cross – Uppercut)

Ombros, queixo protegido (para todos os fins nos devidos e na postura bloqueada)

Condicionamento Físico

“In-Fighting” (Corpo-a-corpo).

Boa movimentação do corpo e da cabeça

CONTRA:

Avaliação: Tem seu jogo de restrições e é projetado para derrubar o adversário em uma única maneira.

Imagem

Wrestling (Luta Livre)

PRO:

Perna bem equipada

sem rigidez, avanço súbito econômico

proteção do corpo em concha enquanto se move

estrangulamento

chaves e imobilizações

luta no chão

CONTRA:

Precisa adicionar: Puxada de cabelo, agarres na genital, golpes nos olhos, beliscões (estudas especialmente as estratégias ilegais dos velhos tempos).

Imagem

Karatê

PRO:

Desenvolvimento das ferramentas

Equilíbrio

Formas

Chute frontal

Golpe seco

Impacto

CONTRA:

Precisa dar ênfase, maior mobilidade e vivência no combate real.

Precisa mudar o chute alto – aderir o chute do Savate.

Imagem

Tae Kwon Do

PRO:

Flexibilidade nos chutes

Pontapés giratórios

Chutes na cabeça

CONTRA:

Falta contato menos limitado

Falta quebramento do ritmo e vivência em combate real

Faltam variações

Imagem

Judô

PRO:

Equilíbrio

Quedas

“Rodos”

Trabalho de Chão

Estrangulamentos

CONTRA:

Precisa adicionar: Estudar outras formas mais práticas de chegar ao lançamento.

Imagem:

Ambos na posição de agarramento na postura direita natural. Pegue a parte inferior do cotovelo esquerdo dele com a mão direita; enquanto avança, empurra o próprio corpo à frente

Enquanto aproxima o pé direito para a parte mais próxima do calcanhar esquerdo, vire-o no sentido anti-horário no momento em que você faz com que o pé esquerdo dele perca o apoio; enquanto enrijece a parte inferior do abdome e endireita a parte superior, e o equilíbrio dele ficará comprometido

Tire-o do chão e desequilibre-o a curta distância enquanto você avança o pé esquerdo na frente do pé direito dele. Quando a cintura se estabelecer firme, puxe-o e desequilibre-o com a mão esquerda e, ao mesmo tempo, empurre-o para cima com a mão direita; então o derrube por um fio de cabelo

Imagem

Boxe Tailandês

PRO:

Cotoveladas

Joelhadas

Combate real

CONTRA:

Os socos não estão bem calibrados: O Jab de esquerda é fraco, o Uppercut quase inexistente, o Hook é inadequado.

A luva impede o uso do Jab de dedo e do golpe “Faca da mão”.

Falta efetuar ataques nos pés: sem ataques na canela/ joelho e virilha.

Sem táticas de Agarre e imobilizações.

Nenhuma tática suja.

Falta de ciência econômica estrutural. Além da falta de sofisticação em cadência, tempo e quebra ritmo.

Falta puxões de cabelo e arranhões.

Imagem

Vale-Tudo

PRO:

Golpes nos olhos: Jab de dedo a longa e curta distância.

Puxões de cabelo: Como fator de imobilização, condução e auxiliar.

Mordidas: Para se libertar-se e incapacitar o oponente. Ferramenta de combate à Curta distância.

Praticidade em beliscões como meio de prevenção para ferimento e dor.

Apertões na virilha

Especialização em golpes abaixo da cintura com chutes, pancadas, socos e agarres.

Imagem

Estilos de Gung Fu – Wing Chun

PRO:

Ensina a economia da linha reta.

Núcleo do Combate.

Chi Sao – dois meios de um inteiro.

CONTRA:

Demasiada simplificação.

Falta variedade.

Estilos de Gung Fu – Tai Chi

PRO:

Esotérico

Fluxo

Estilos de Gung Fu – Estilos do Norte

PRO:

Pancadas com a palma (palma de ferro).

Variedade para libertar.

CONTRA:

Precisa adquirir mais força.

Precisa ser mais compacto.

Imagem

Esgrima Ocidental

PRO:

Uso habilidoso da parte frontal (estudo auxiliar da guarda com o suprimento da mão em cada posição).

Timing e Cadência.

Lâmina

Sabre

Espada

Imagem

Kendo

PRO:

Abordagem Zen.

Conflito determinado.

Trabalho dos pés (footwork).

Imagem

Aikido

PRO:

Fluxo

Duas metades de uma inteira.

Trabalho dos pés (footwork).

CONTRA:

Precisa trabalhar com a ideia de adicionar uma ruptura menos rígida (em seu conceito de fluxo).

PROPOSTA: Pesquise com sua própria experiência

Um pensamento: por causa de estilos formais do passado:

Coisas simples não funcionam. No entanto, a partir de algumas escolas formais, como Shotokan, Tae Kwon Do, Boxe Tailandês, Boxe Ocidental, como posso pegar a sua “essência” e fazê-los trabalharem ao meu favor? (atitude, economia, boa forma, velocidade, força, etc).

Organização Brasileira de Jeet Kune Do (OBJKD)
http://www.objkd.com.br/
https://www.facebook.com/OBJKD

Postado por: Vinícius Lee

Deixe o seu comentário e divulgue o nosso blog!
Curta a nossa página: http://www.facebook.com/bruceleebr
Siga-nos no Twitter: http://www.twitter.com/#!/brucelee_br
Participe do grupo: http://www.facebook.com/groups/bruceleebrasil

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s