Filosofia

Siga-nos no Twitter:

02-algumas-frases-de-bruce-lee
“Faça da pedra de tropeço, um degrau de subida. Transforme cada fato negativo, em uma experiência positiva.”

“Seja como a água que abre caminho através das pedras: não se oponha ao obstáculo; contorne-o!”

“Os que não sabem que caminham na escuridão, jamais verão a luz.”

“Conhecimento dá poder, mas só o caráter grangeia respeito.”

“Quem quiser vencer deve aprender a lutar, perseverar e sofrer.”

“A confiança nasce do conhecimento.”

“Empenhar-se ativamente para alcançar determinado objetivo dá à vida significado e substância.”

“Esvazie sua xícara primeiro, só então você poderá provar meu chá. Afinal de contas a utilidade da xícara está em poder esvaziar-se. Abra sua mente para receber novas idéias.”

“O caráter é para a alma, o que a aparência exterior é para o corpo.”

“Um homem sábio pode aprender mais com uma pergunta tola do que um tolo com uma resposta sábia.”

“Erros são sempre perdoáveis se você tiver a coragem de admiti-los.”

“Otimismo é a fé que conduz ao sucesso.”

“Se você acreditar que uma coisa é impossível, você a tornará impossível.”

“A vida é um processo constante de relacionamento.”

“Saber não é o bastante; precisamos aplicar. Querer não é o bastante, precisamos fazer.”

“Verdade libertadora é uma realidade somente, e na medida em que for experimentada e vivida pelo próprio indivíduo, é uma verdade que transcende estilos e disciplinas.”

“Um bom mestre poupa seus alunos de sua própria influência.”

“Entesouro a memória dos infortúnios passados. Eles acrescentam muito à minha fortaleza interior.”

“Crescer, descobrir… é algo que experimento cada dia, às vezes bom, às vezes frustrador… não importa! Deixe sua luz interior guiá-lo, para fora da escuridão.”

“Antes de estudar arte, um soco para mim era apenas como um soco, um chute apenas como um chute. Depois que estudei a arte, um soco não era mais um soco, um chute não era mais um chute. Agora que compreendi a arte, um soco é apenas como um soco, um chute apenas como um chute.”

“Não há nada de especial nesta arte. Tome as coisas como elas são. Soque quando tiver de socar. Chute quando tiver de chutar.”

“Meus seguidores em Jeet Kune Do, atendem a isso: todas as normas fixas são incapazes de adaptabilidade ou flexibilidade; a verdade está fora de todas as normas fixas.”

“O homem, criatura viva e criador individual, é sempre mais importante do que qualquer estabelecido estilo ou sistema.”

“Tanto quanto me lembro, eu sinto que tenho essa grande força criativa e espiritual dentro de mim, que é maior que a fé, maior que ambição, maior que confiança, maior que determinação, maior que visão. É tudo isso combinado. Meu cérebro torna-se magnetizado com essa força dominadora que tenho em minhas mãos.”

“Para mim 99% desse negócio de auto-defesa oriental é besteira. É jazz ornamental. É bom, mas não funciona.”

“Você simplesmente espere. Eu vou ser o maior artista chinês no mundo.”

“O futuro parece ser extremamente brilhante, com muitas possibilidades pela frente – grandes possibilidades. Como a canção diz: ‘Nós precisamos apenas começar’.”

“Desde que eu fui uma criança tenho tido esse impulso instintivo por expansão e crescimento. Para mim, a função e dever de um ser humano de qualidade é o honesto e sincero desenvolvimento de seu potencial.”

“O vazio é o que está no meio das coisas, o vazio inclui tudo não tem oponente, não exclui nem se opõe a nada, é um vazio vivo pois tudo emana dele, quem percebe este vazio, será preenchido com Vida, Força e Amor.”

“Esvazie sua mente seja amorfo sem forma como a água, se você coloca água em um copo,ela se torna um copo, se você a coloca em uma garrafa ela se torna uma garrafa, se você a coloca em uma chaleira, ela se torna uma chaleira, a água pode fluir mas também destruir, seja água meu amigo.”

“Conhecer os outros é sabedoria. Conhecer a si mesmo é iluminação. Quem sobrepuja os outros é forte. Quem sobrepuja a si mesmo é poderoso. Quem sabe o que possui o suficiente, é rico. Quem fica onde está, perdua. A perseverança é um atributo da vontade, morrer sem ser destruído é ser eternamente presente.”

“Você e o seu oponente são um só. Há uma relação de coexistência entre vocês. Você coexiste com seu oponente e torna-se complemento dele, absorvendo-lhe os ataques e usando a força dele para vencê-lo.”

“Ninguém pode fazê-lo sentir-se inferior sem o seu consentimento.”

“Há coisas que se diz calado.”

“A sabedoria vem do escutar, de falar vem o arrependimento.”

“A idéia jamais nasce sem causa, mas rara vez a causa é boa.”

“A verdadeira viagem da descoberta consiste em não novas paisagens, mas ter olhos novos.”

“Nem todos os otimistas, são profissionais de sucesso. Mas todos os profissionais de sucesso são otimistas.”

“Se desejamos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma nova história.”

“Não é triste mudar de idéia, Triste é não ter idéia pra mudar.”

“Nunca se orgulhe de haver vencido a um oponente; que você venceu hoje, poderá lhe derrotar amanhã. A unica vitória que perdura é que se conquista sobre a própria ignorância.”

“Um lutador não se aperfeiçoa pra lutar, luta pra se aperfeiçoar.”

“Um lutador é aquele que possui inteligência para compreender aquilo que lhe ensinam e paciência para ensinar o que aprendeu aos seus semelhantes.”

“O bom líder é aquele que sabe ouvir, e o que sabe se fazer ouvir.”

“Com relação a outros estilos e escolas… não pense em termos de certo ou errado, melhor ou pior. Não seja contra ou a favor. Na encosta da primavera, não há melhor ou pior… os ramos floridos crescem naturalmente, uns longos, outros curtos.”

“Tanto quanto me lembro, eu sinto que tenho essa grande força criativa e espiritual dentro de mim, que é maior que a fé, maior que ambição, maior que confiança, maior que determinação, maior que visão. É tudo isso combinado. Meu cérebro torna-se magnetizado com essa força dominadora que tenho em minhas mãos.”

“Não tenha forma definida, seja como água parece frágil mas destrói rochedos. A água é a coisa mais forte da natureza.”

“Aprenda a se conhecer”

“O bom lutador de Kung Fu precisa ser simplificador.”

“Seja flexível como uma mola, mas embora não cedendo completamente”

“Ele que não sabe e não sabe que ele não sabe. Ele é um tolo – Evite-o.
Ele que sabe e não sabe o que sabe. Ele não sabe. Ele é simples – Ensine-o.
Ele que sabe e não sabe o que ele sabe. Ele é adormecido – Desperte-o.
Ele que sabe e sabe que sabe. Ele é sábio – Siga-o.”

“O que é um ator de qualidade? Para começar, não é um “astro”, que não passa de uma palavra abstrata e de um símbolo. Há mais gente querendo ser “astro” que ator. Para mim, um ator é a soma de tudo o que é – sua grande compreensão da vida, seu bom gosto, suas experiências de felicidade e de adversidades, sua intensidade, sua formação e muito mais. Como disse, a soma de tudo o que ele é.”

“Afinal, o que é um ator? Não é ele a soma final de tudo o que é – seu nível de compreensão, sua capacidade de cativar o público por ser verdadeiro na expressão de seus sentimentos pessoais diante do que a cena exige? É assim que se pode diferenciar esses artistas de artistas comuns. Nos Estados Unidos existe uma palavra para isso: “carisma”. O que você vê na tela é a soma total do nível de compreensão, dos gostos, da formação e da intensidade do ator.”

03-depoimentos-de-famosos-sobre-bruce-lee
Jackie Chan:

Jackie Chan deu entrevista falando sobre Bruce Lee no Documentário “Bruce Lee – A Lenda do Kung Fu Ainda Vive”:

“Bruce estava trabalhando em Fist Of Fury (A Fúria do Dragão). E eles conheciam vários dublês. E na época eu era o melhor dublê de Hong Kong. Precisavam de um dublê para o Japonês que atravessava a janela. Ligaram perguntando se eu podia fazer porque tenho a altura, o corpo, pareço japonês. Eu aceitei. Após fazer. Bruce veio. Era bem difícil o trabalho. E Bruce veio me falar. “Qual seu nome?” “Sou Jackie.” “Você é bom, é ótimo.” Quando Bruce golpeava, não podia piscar, pois se piscasse, não via o golpe. Era rápido demais. Era um homem, nenhum ser humano pode socar como num cartoon (Desenho Animado). Não pode ser tão rápido. Muhammad Ali, nem o Tyson, na verdade eles socavam rápido demais! Mas dava pra ver!”

Steve McQueen:

“Bruce Lee é e será para mim sempre insuperável”

Van Willians:

“Bruce Lee era inigualável, nunca vi alguém tão forte e ágil”

“Bruce Lee é um iluminado e será para sempre um imortal”

Em construção…

04-bruce-lee-screen-test-teste-de-cinema-1965
Essa entrevista foi originalmente publicada na revista Inside Kung Fu e a disponibilizamos com a sua permissão. Para informação de como assinar a Inside Kung Fu, visite seu site http://www.cfwenterprises.com.
A entrevista adiante aconteceu durante a os testes de filmagem para “Number One Son”, uma série de televisão que nunca foi ao ar.
Por John Little

Essa entrevista aconteceu durante os testes de filmagem para “Number One Son”, uma série de televisão que nunca foi ao ar. Ao invés de participar dessa séria Bruce foi selecionado para representar o “Kato” na série de TV “O besouro verde”. Ainda assim essa entrevista é uma oportunidade única para termos uma visão de como o Bruce Lee via a sua vida, a arte e a carreira até 1965. Em dois anos ele iria abandonar muito da metodologia de Gung fu que adotou aqui e criaria o Jeet Kune Do, e por fim sua aplicação prática do “caminho do não caminho”. Esse teste de filmagem é usado em parte do filme que seria filmado após a sua morte “Bruce Lee: a jornada de um guerreiro” que também inclui uma filmagem inédita do “O jogo da morte” que estávamos esperando por tanto tempo. O teste para a filmagem foi aqui transcrito com permissão.

PARTE 1:

Agora, Bruce, apenas olhe diretamente para a lente da câmera aqui e diga o seu nome, sua idade e onde você nasceu.

BRUCE LEE: Meu nome é Lee, Bruce Lee. Eu nasci em São Francisco. 1940. Tenho 24 anos agora.

E você trabalhou em filmes em Hong Kong?
BRUCE LEE: Sim, desde mais ou menos seis anos de idade.

E quando você saiu de Hong Kong?
BRUCE LEE: 1959. Quando tinha dezoito anos.

Certo. Agora olhe acima de mim, Bruce, enquanto falamos. Fiquei sabendo que você teve um filho?
BRUCE LEE: (sorriso) Sim.

E você deixou de dormir por causa disso?
BRUCE LEE: (risos) Ah, três noites.

Conte à equipe a que horas eles filmam em Hong Kong.
BRUCE LEE: Bem, é normalmente de manhã porque é meio barulhento em Hong Kong, sabe? Mais ou menos três milhões de pessoas lá, e toda vez que eles têm um filme é mais ou menos da meia-noite às cinco da manhã.

Sei. (sarcasticamente) Você gosta do que faz?
BRUCE LEE: (sorriso)

E você fez faculdade nos Estados Unidos?
BRUCE LEE: Sim.

E o que você estudou?
BRUCE LEE: Ah, filosofia.

Sei, você me contou há pouco que o Karate e o Jiu-jitsu não são as mais poderosas ou as melhores formas de lutas orientais. Qual é a forma mais poderosa, ou a melhor forma?
BRUCE LEE: (sorriso) Bem, é ruim falar “a melhor”, mas na minha opinião o Kung Fu é uma forma muito boa.

Conte-nos um pouco a respeito do Kung Fu.
BRUCE LEE: Bem, o Kung Fu é originário da China. É o ancestral do Karate e do Jiu-jitsu. É um sistema mais completo e mais fluído. Com isso quero dizer que há mais continuidade no movimento, ao invés de se fazer um movimento ou dois e depois parar.

Você poderia olhar diretamente para a câmera e explicar o princípio do copo d’água e como se aplica ao Kung Fu?
BRUCE LEE: Bem, Kung Fu. O melhor exemplo é um copo d’água. Por quê? Porque a água é a substância mais flexível do mundo, mas pode penetrar na rocha mais dura ou qualquer coisa; granito, você decide. A água é insubstancial. Com isso quero dizer que você não pode segurá-la, você não pode bater ou machucá-la. Então todo lutador de Kung Fu está tentando fazer isso, ser suave como a água e flexível, e se adaptar ao oponente.

Sei. Qual a diferença entre um soco do Kung Fu e o soco do Karate?
BRUCE LEE: Bem, um soco do Karate é como uma barra de ferro – whack! Um soco do Kung Fu é como uma corrente de ferro com uma bola de ferro na ponta, e faz Wang! E machuca por dentro. (risos)

Ok. Em um minuto vamos cortar e você se levantará e nos mostrará alguns movimentos de Kung Fu.
BRUCE LEE: Ok.

PARTE 2:

Agora olhe diretamente para a câmera, Bruce. Agora a câmera vai se afastar, e Bruce, primeiro mostre-me os movimentos do Teatro Chinês Clássico.
BRUCE LEE: (curioso) “Teatro Chinês Clássico?”

É, você sabe, conversamos sobre isso no escritório; como eles andam e como iniciam um movimento.
BRUCE LEE: Bem, na Ópera Chinesa eles têm o Guerreiro e também o Mandarim. A forma como o Guerreiro anda seria algo assim. Andando assim, reto, sai, dobra [a perna], reto e sai novamente. Um Mandarim comum seria como uma mulher, fraco – 90 libras no Charles Atlas (risos). Você estaria somente andando, sabe, como uma moça – de verdade… ombros para trás e tudo.

Então pelo jeito que andam você pode imediatamente dizer quem são?
BRUCE LEE: Certo, que personagem representam.

Agora nos mostre alguns movimentos de Kung Fu.
BRUCE LEE: Bem, é difícil mostrar sozinho, mas vou tentar.

Tudo bem, talvez um dos rapazes venha aqui. Vamos lá Frank. (som do câmera-men bajulando um dos membros sênior com “Vamos lá Frank”, “Vai lá Lee, dá nele!”)
BRUCE LEE: (brincando com a equipe) Acidentes acontecem!, você sabe, tem vários tipos de golpes. Depende de onde você quer acertar e que arma estará usando. Para os olhos use os dedos. (ele dá um ataque ao olho e o homem, assustado, recua um pouco) Não se preocupe, eu não vou te acertar. (ele dá um segundo ataque) Ou, direto no rosto, (ele dá um soco direto) usando a cintura. (ele dá um segundo soco) Assim por diante. (e dá um terceiro soco)

Espera só um minuto. Vamos virar o cavalheiro para este lado para que fique mais na direção da câmera. (o entrevistador aparece na cena e guia o homem de um ângulo de 90 graus à esquerda para um ângulo de 45 graus) Ok. Ótimo.
BRUCE LEE: E tem o cruzado. (Lee demonstra o cruzado em câmera lenta seguido de um estrangulamento e outros dois socos rápidos)

E vamos fazer o assistente do diretor recuar só um pouco… (todo mundo ri). Ok, vá em frente. Continue.
BRUCE LEE: Então, claro, o Kung Fu é bastante sorrateiro. (sarcasticamente) Você conhece os chineses. Eles sempre batem baixo (ele mais uma vez dá um soco lentamente na cabeça do homem). De cima (ele move rapidamente o soco da área da cabeça do homem para um soco na virilha) – volta à virilha. (o homem reaje e Bruce diz “Não se preocupe”)

Agora vire para o outro lado, por favor Bruce.
BRUCE LEE: Ok. Você quer que ele vire também?

Sim.
Homem no fundo: (tentando explicar suas reações às técnicas do Lee) Essas são somente reações naturais.
BRUCE LEE: Certo. Certo (sorriso).

Olhe para a câmera um pouco e mostre novamente.
BRUCE LEE: Tudo bem. Tem o ataque ao olho. (dá um ataque rápido com os dedos) Tem o soco (dá um soco rápido), tem o direto (dá um direto na cabeça), e tem o baixo. (dá um soco rápido na virilha) É claro que então eles usam as pernas – direto na virilha (dá um chute frontal direto na área da virilha do homem) e vão para cima. (dá um chute circular na altura dos ombros do homem) Ou, se eu puder recuar um pouco, eles começam daqui (dá um chute circular na área do rosto do homem) então voltam. (Lee sorri e dá um tapinha no ombro do homem) Ele está um pouco preocupado.

Ele não tem com o que se preocupar. Agora de novo, mostra como um bom lutador de Kung Fu lidaria bem calmamente então iria embora ao invés de se envolver numa série de ações que… (uma buzina soa, o homem no fundo vira e grita “Som!”) Ok. (fim da cena)

05-bruce-lee-the-lost-interview-a-entrevista-perdida-1971
Este é o Show de Pierre Berton: Bruce Lee – O super-astro mandarim. Produção de 1892, gravado em 9 de dezembro de 1971. Em Hong Kong.

Pierre Berton: Bruce Lee enfrenta um real dilema. Ele está a beira do estrelato nos Estados Unidos, com os seriados projetados no horizonte, mas ele tem alcançado há pouco um super estrelato como um ator de filmes aqui em Hong Kong. Assim como a bruxa, ele escolhe: O Leste ou o Oeste? É o tipo de problema que a maioria dos atores de filmes dariam boas-vindas.

Este é o Show de Pierre Berton. O programa que vem pra você das principais capitais do mundo. Essa edição vem a você de Hong Kong. E o convidado de Pierre é o homem que ensinou karatê, judô e boxe chinês para James Garner, Steve McQueen, Lee Marvin e James Coburn. O super-astro mandarim mais novo. Conhecido no oeste por suas aparições em Batman, O Besouro Verde, Ironside e Longstreet. Seu nome é Bruce Lee, e ele nem mesmo fala mandarim. Mas aqui é o Pierre.

Pierre Berton: Bem como você pode atuar em filmes mandarins se você nem mesmo
fala mandarim?

Bruce Lee: Bem em primeiro lugar, eu só falo cantonês.

Pierre: Sim.

Bruce Lee: Por isso, quero dizer, que existe uma grande diferença no que diz respeito à pronúncia e coisas do caso.

Pierre: Então alguma outra voz é usada, certo?

Bruce Lee: Definitivamente, definitivamente!

Pierre: Assim que você acaba de dizer as palavras… não há aquele som estranho quando você vai ao cinema, especialmente em Hong Kong, sua cidade natal, e você te vê com a voz de alguém?

Bruce Lee: Bem, realmente não, entende, porque a maioria dos filmes mandarins feitos aqui, são dublados de qualquer maneira.

Pierre: Eles são dublados de qualquer maneira?

Bruce Lee: De qualquer maneira. Quero dizer neste aspecto, eles filmam sem som. Assim não faz diferença alguma.

Pierre: Seus lábios nunca fazem as palavras certas totalmente, fazem?

Bruce Lee: Sim, bem isso é onde a dificuldade mente,  entende. Quero dizer em relação ao… cantonês tem um modo diferente de dizer coisas… quero dizer diferente do mandarim. Assim eu tenho que achar, como, algo semelhante a isso e manter uma boa sensação de partida através disso.  (Em meus filmes). Algo, sabe, adaptando a forma do mandarim. Soa complicado?

Pierre: Como nos velhos dias silenciosos. Mas eu junto isso nos filmes feitos aqui
o diálogo é bem formal de qualquer maneira.

Bruce Lee: Sim, concordo contigo. Quero dizer, me entenda, um filme é movimento. Quero dizer, você tem que manter o diálogo no mínimo.

Pierre: Assistiu muitos filmes mandarins antes de começar atuar em seu primeiro?

Bruce Lee: Sim.

Pierre: O que acha deles, quando você os assiste?

Bruce Lee: Quanto à qualidade, devo admitir que não está totalmente no mais alto nível. Porém, estão crescendo e subindo mais e mais… e atingirão esse nível de qualidade.

Pierre: Dizem que o segredo de seu sucesso naquele filme, “O Dragão Chinês” e o levou ao estrelato na Ásia,  foi você quem fez as cenas de luta.

Bruce Lee: Uh-huh.

Pierre: Como perito em diversas artes marciais na China, o que você achou das lutas que viu nos filmes que você estudou antes de se tornar um astro?

Bruce Lee: Bem, quero dizer, definitivamente no princípio, eu não tive intenção alguma que tudo, que eu estava praticando, e o que eu ainda estou praticando agora conduziria a isso. Mas arte marcial tem mesmo um, significado muito profundo em minha vida, porque, como ator, como um artista marcial, como um ser humano, tudo isso eu tenho aprendido da arte marcial.

Pierre: Talvez para nosso público que não conhece o que significa, você poderia explicar exatamente sobre o que quer dizer arte marcial?

Bruce Lee: Certo. Arte marcial inclui todas  as artes de combate, como Karatê…

Pierre: Judô.

Bruce Lee: … ou Karate, Judô, Kung-fu chinês,  ou Boxe chinês, seja lá como chamá-lo. Tudo isso, entende, como, Aikidô,  Karatê coreano, e por aí vai. Mas é uma forma combativa de luta. Quero dizer, algumas se tornaram esportes, mas outras ainda não. Usam, por exemplo, chutes na virilha, golpes com os dedos nos olhos, coisas desse tipo.

Pierre: Nenhuma maravilha você tem êxito nisso! Os filmes chineses estão de qualquer maneira cheios desse tipo de ação… eles precisaram de um sujeito como você! (Os dois ríem).

Bruce Lee: Violência, cara!

Pierre: Assim você não teve que usar um dublê quando você mudou prum papel num filme aqui.

Bruce Lee: Não.

Pierre: Você fez tudo?

Bruce Lee: Certo.

Pierre: Você pode quebrar cinco ou seis pedaços de madeira com sua mão ou pé?

Bruce Lee: Provavelmente eu quebraria minha mão e pé! (Os dois ríem).

Pierre: Conte-me um pouco… você montou uma escola em Hollywood não foi?

Bruce Lee: Sim.

Pierre: Para pessoas como James Garner, Steve McQueen e os outros.

Bruce Lee: Sim.

Pierre: Por que eles queriam aprender arte marcial chinesa? Por causa de um papel num filme?

Bruce Lee: Realmente não. A maioria deles, entende, para mim, pelo menos do modo que eu ensino, todo tipo de conhecimento significa, no final, autoconhecimento. Assim, quando uma pessoa me procura pedindo pra ensiná-la, não como se defender, ou como acabar com alguém, pelo contrário, ela quer aprender a se expressar por meio de movimento, seja raiva, seja determinação ou outra coisa qualquer. Em outras palavras, o que eu estou dizendo é que, ele está me pagando para lhe mostrar, em forma combativa, a arte de expressar o corpo humano.

Pierre: De certo modo, o qual está atuando não é?

Bruce Lee: Bem…

Pierre: ou seria uma ferramenta útil para um ator ter entretanto…

Bruce Lee: Poderia soar muito filosófico, mas é não atuar atuando ou atuando sem atuar… se você…

Pierre: Você me perdeu!

Bruce Lee: Eu tenho huh? Assim o que eu estou dizendo, de fato, entende, é uma combinação de ambos. Quero dizer aqui há o instinto natural e aqui há controle. Você tem que combinar os dois em harmonia. Não… Se você exceder um extremo, será extremamente não científico. Se você tender para o outro extremo, você se torna, de repente, um homem mecânico… deixa de ser um ser humano. Assim é uma combinação próspera de ambos, assim, não se trata de ser puramente natural ou inatural. O ideal é a naturalidade não natural, ou a inaturalidade natural.

Pierre: Yin e Yang é?

Bruce Lee: Você está certo cara, é isso mesmo.

Pierre: Um de seus alunos, James Coburn, atuou em um filme chamado “Our Man Flint”, no qual ele usou Karatê. Foi o que ele aprendeu com você?

Bruce Lee: Ele aprendeu depois do filme. Não…

Pierre: Assim ele aprendeu depois que ele atuou em “Our Man Flint.”

Bruce Lee: Certo. Certo. De fato, entende eu não ensino, você sabe, Karatê, porque eu não acredito mais em estilos. Quero dizer que eu não acredito que haja algo como, o modo chinês de lutar ou o modo japonês de lutar… ou algum modo de lutar, porque a menos que o ser humano tenha três braços e quatro pernas,
aí teríamos uma forma diferente de lutar. Mas, basicamente, nós só temos duas mãos e dois pés. E os estilos tendem a separar os homens, porque eles têm suas próprias doutrinas e a doutrina se tornou a verdade evangélica que você não pode mudar. Mas, se você não tiver estilos, se apenas disser, “Aqui estou eu, um ser humano, como eu posso me expressar, total e completamente?”… desse jeito, você não criará um estilo porque estilo é uma cristalização. Aquele jeito é um processo de crescimento contínuo.

Pierre: Você fala sobre boxe chinês… como é o procedimento, diga, nosso tipo de boxear? (Ocidental).

Bruce Lee: Bem, primeiro nós usamos os pés.

Pierre: Uh-huh isso é um começo.

Bruce Lee: E então nós usamos o cotovelo.

Pierre: Você usa o dedo polegar também?

Bruce Lee: Você fala assim cara, nós usamos isso!

Pierre: Você usa tudo?

Bruce Lee: Você tem, entende, porque isso é a expressão do corpo humano. Quero dizer, de tudo, e não só a mão! Quando você está falando sobre combate, bem, se isso fosse um esporte… Então estaríamos falando sobre qualquer outra coisa, com regulamentos, e regras… mas se você está falando sobre luta, como é o caso…

Pierre: Não há regras…

Bruce Lee: … sem regras, bem, então, é melhor você treinar toda parte do seu corpo! E quando você soca… Vou me inclinar um pouco para frente espero não estar atrapalhando os ângulos da câmera. Eu quero dizer que você tem que pôr o quadril inteiro nisto, e soltar o golpe! (Lee soca duas vezes, muito rápido) E adquire toda sua energia de lá e faz disso uma arma.

Pierre: Não quero me cruzar contigo em qualquer noite escura, já lhe falo isso agora mesmo! Você veio a mim com uma bela rapidez ali! Qual é a diferença entre boxe chinês e isso que nós vemos esses caras jovens fazendo às oito em ponto todas as manhãs nos jardins e parques chamado “shadowboxing”. O que eles estão sempre fazendo?

Bruce Lee: Bem, de fato, entende, isso faz parte do boxe chinês. Há muitas escolas, escolas diferentes…

Pierre: Todo o mundo aqui parece ir assim (se movimenta com um movimiento de tai-chi) todo o tempo.

Bruce Lee: Bem, isso é bom. Quero dizer, eu estou muito contente, eu estou muito contente em ver que pelo menos alguém cuida de seu próprio corpo, certo?

Pierre: Sim.

Bruce Lee: Quero dizer que isso é um bom sinal. Bem, isso é uma lenta forma de exercício que é chamada Tai-Chi-Chuan… Estou falando mandarim agora mesmo… em cantonês, “Kai-di-kune”, e é mais que um exercício pros mais velhos, não tanto para o jovem.

Pierre: Me dê uma demonstração; me mostre, você pode fazer um pouco disso?

Bruce Lee: (Sentado faz uma demonstração do Tai-chi por meio de uns movimentos de mão…). Quero dizer, mão-sábia, isso é muito lento e você empurra isso pra fora, mas o tempo todo você está mantendo a continuidade; dobrando, estirando, tudo isso. Você apenas mantém isso movendo.

Pierre: Se parece um dançarino de balé aí…

Bruce Lee: É. Quero dizer que pra eles a idéia é “água corrente nunca perde frescor.” Assim você simplesmente tem que “continuar fluindo”.

Pierre: De todos seus alunos, famosos, James Garner, Steve McQueen, Lee Marvin, James Coburn, Roman Polanski, Quem era o melhor? Que se adaptou melhor a esta forma oriental de exercício e defesa?

Bruce Lee: Bem, dependendo… como um lutador, Steve… Steve McQueen… agora, ele é bom nesse departamento porque, aquele filho da mãe adquiriu a dureza nele…

Pierre: Eu vejo isso na tela…

Bruce Lee: Quero dizer, ele diria, “certo baby, aqui estou eu, cara”, você sabe, e ele faria isso! Agora James Coburn é um homem amante da paz…

Pierre: Eu o conheci.

Bruce Lee: Certo? Quero dizer, você o conheceu…

Pierre: Sim.

Bruce Lee: Quero dizer que ele é, realmente agradável, super jovial, e tudo isso…

Pierre: Sim, ele é!

Bruce Lee: Agora, ele aprecia a parte filosófica disso. Então, sua compreensão sobre isso é mais
profunda que a do Steve. Assim é realmente difícil dizer, entende o que estou dizendo agora?

Pierre: Entendo…

Bruce Lee: Quero dizer que é diferente, dependendo do que entende disso…

Pierre: É interessante, nós não fazemos em nosso mundo, e não tem desde a época que os gregos fizeram, filosofia e arte combinada com esporte. Mas é muito claro que a atitude oriental é isso, as três são facetas da mesma coisa.

Bruce Lee: Cara, escute. Entende, realmente… Para mim, no fim das contas, arte marcial significa expressar-se honestamente. Agora, isso é muito difícil de fazer. Quero dizer que pra mim, é fácil fazer um show, ser convencido me encher de arrogância, me achar o máximo, e tudo isso. Ou fazer todo tipo de coisas falsas, você entende o que eu quero dizer? Enganar. Ou eu posso te mostrar
alguns movimentos realmente elegantes, mas, se expressar honestamente, sem mentir a si mesmo… me expressar com sinceridade, isso, meu amigo, é muito difícil de fazer. E você tem que treinar. Você tem que manter seus reflexos pra quando você precisar… eles estarem lá! Quando quiser se mover, você se move e
quando se mover, estar determinado a se mover. Levando uma polegada, nada mais que isso! Se eu quiser socar, eu vou socar cara,  e eu vou mesmo! Então, é este o tipo de coisa que você
precisa colocar em prática. Se tornar uno com… Você pensa… (estala seus dedos) …. é isso.

Pierre: Isso é muito anti-ocidental, essa atitude. Eu quero lhe perguntar por seu filme e carreira de TV, mas primeiro nós faremos um intervalo e então estaremos de volta com Bruce Lee. Eu tenho falado com Bruce Lee, principalmente sobre as artes marciais chinesas, que incluem coisas como boxe chinês, Karatê e Judô que foi o que ele ensinou quando estava em Hollywood depois que ele deixou a Universidade de Washington, onde ele estudou, de todas as coisas, filosofia, se pode acreditar nisso. Mas ele fez mas isso, talvez você entenda por que os dois vão juntos do começo a metade deste programa e talvez você pode entender como ele tem entrado em filmes, ele conheceu muitos atores, mas me falaram que você arrumou emprego em “O Besouro Verde”, onde você atuou como Kato, o chofer, principalmente porque você era o único sujeito chinês que pôde pronunciar o nome do protagonista, “Britt Reid”!

Bruce Lee: Eu quis dizer isso como uma piada, claro! E é um grande nome, cara! Quero dizer toda vez que eu dizia isso naquele momento, estava super-consciente! Realmente quero dizer, agora, isso é outra
coisa interessante, huh? Digamos que você aprende a falar chinês…

Pierre: Sim?

Bruce Lee: Não é difícil de aprender e falar as palavras. A coisa complicada, a coisa difícil, está atrás do que é o sentido no qual tráz a expressão e os sentimentos através dessas palavras. Como, quando cheguei a primeira vez nos Estados Unidos e olhei para um caucasiano, e eu realmente não sabia se ele estava posto
sobre mim ou se ele estava realmente bravo? Porque nós temos modos diferentes de reagir a isso… essas são as coisas difíceis, entende?

Pierre: É quase como se você descobrisse uma raça estranha onde um sorriso não significasse o que significa pra nós. Na realidade, um sorriso nem sempre significa o mesmo, né?

Bruce Lee: Claro que não.

Pierre: Me fale sobre a grande fratura quando você atuou em Longstreet…

Bruce Lee: Ahh, isso é tudo.

Pierre: Eu tenho que falar pro nosso público que Bruce Lee teve uma pequena parte, ou um papel de apoio nas séries de Longstreet e isso teve um enorme efeito na audiência. O que foi isso?

Bruce Lee: Bem, entenda, o título desse episódio particularmente em Longstreet se chama “O Caminho do Punho Interceptando.” Agora creio que o ingrediente próspero nisso foi que eu estava sendo Bruce Lee.

Pierre: Você mesmo.

Bruce Lee: Eu mesmo, certo. E fiz aquela parte, justamente me expressando, como eu disse,
“me expressando honestamente”, naquele momento. E eu, por causa disso, trouxe, sabe, mencionando favoravelmente em, como, a New York Times que diz, como, “O cara chinês que, incidentemente, saiu bastante convincente e ganhou uns seriados” e assim por diante.

Pierre: Você pode se lembrar das linhas chave por Stirling Silliphant? As linhas principais?

Bruce Lee: Ele é um de meus alunos, você sabia disso?

Pierre: Ele também foi?

Bruce Lee: Sim…

Pierre: Todo mundo seu aluno! Mas você leu, havia algumas das linhas principais que expressavam sua filosofia. Eu não sei se você lembra…

Bruce Lee: Oh eu me lembro, eu disse…

Pierre: Como é? Ouçamos…

Bruce Lee: É isso mesmo, ok?

Pierre: Você está falando com Longstreet interpretado por James Franciscus…

Bruce Lee: Eu disse, “Esvazie sua mente, seja amorfo, sem forma, como a água. Agora você coloca a água num copo, ela se torna o copo. Você coloca a água numa garrafa, ela se torna uma garrafa. Você coloca numa chaleira, ela se torna uma chaleira. Agora a água pode fluir, ou pode destruir… Seja água, meu amigo”… Assim, entende?

Pierre: Sim, entendo, eu adquiro a idéia. Adquiro o poder através disso…

Bruce Lee: Aham….

Pierre: Assim, agora, duas coisas aconteceram: Primeiro há uma chance satisfatória de você ganhar
um seriado nos EUA chamado “O Guerreiro”, não é? Onde você usa, as artes marciais em uma
produção ocidental?

Bruce Lee: Bem isso era a idéia original. Agora Paramount, você sabe que eu fiz Longstreet pra Paramount, e a Paramount quer que eu esteja em um seriado. Por outro lado, a Warner Brothers
quer que eu esteja em outro. Mas ambos, eu acho, que querem que eu esteja em um tipo modernizado de algo e pensam que a idéia ocidental está fora! Considero que eu quero…

Pierre: Você quer fazer a ocidental!

Bruce Lee: Eu quero porque, entende, quero dizer, como outro pode justificar tudo isso socando e chutando e violência, exceto no período do oeste? Quero dizer, hoje em dia, quero dizer que
você não passa na rua, chutando pessoas e socando pessoas… (finge alcançar uma arma em sua jaqueta), porque se você faz isso… (saca sua pistola imaginária e aperta o gatilho) Pow! Isso é tudo. Quero dizer, que não me importa o quanto “bom” você é.

Pierre: Sim, uma pistóla, mas isso também é a verdade dos dramas chineses, que são principalmente dramas de fantasia. Eles são todos cheios de sangue derramado mais que aqui!

Bruce Lee: Oh você quer dizer aqui?

Pierre: Sim.

Bruce Lee: Bem, infelizmente, entende, eu espero que o filme que eu faço, explique o porquê da violência cometida… seja certa ou errada, o que for mas, infelizmente, a maioria dos filmes aqui, são feitos principalmente pela violência. Sabe o que quero dizer? Sabe, caras lutando durante 30 minutos, sendo esfaqueado 50 vezes! (atua como se fosse esfaqueado e golpeado, seu micrófone cái fora de sua jaqueta).

Pierre: Fico encantado, aqui, deixe-me lhe devolver seu microfone… Fico encantado que volte…

Bruce Lee: Eu sou um artista marcial…

Pierre: Você voltou para Hong Kong à beira  do sucesso em Hollywood… e cheio disso… e de repente, em virtude de um filme, você se torna um super-astro. Todo mundo te conhece, você teve de mudar seu número de telefone. Você é tumultuado nas ruas. Agora o que você vai fazer? Você vai poder morar em ambos os mundos? Você vai ser um super-astro aqui ou um nos EUA… ou ambos?

Bruce Lee: Bem, deixe-me dizer isso. Em primeiro lugar, eu não gosto da palavra “super-astro”… e lhe direi por quê… porque a palavra “astro”, cara, é uma ilusão. Como ator, você precisa olhar pra dentro de si mesmo, cara. Eu ficaria muito contente se alguém me dissesse: (bate seu punho na outra mão) “Aí cara, você é um super-ator!” Isso é bem melhor do que “super-astro. Então, eu…

Pierre: Sim, mas você tem que admitir que você é um super-astro. Você não vai… você não vai… se você vai me dar a verdade!

Bruce Lee: Eu sou agora… eu estou dizendo isso honestamente, ok? Sim, eu tenho tido muito sucesso, ok?

Pierre: Sim…

Bruce Lee: Mas creio que a palavra “astro” é… Quero dizer que não olho pra mim como um astro. Realmente não. Quero dizer acredite, cara, quando digo isso. Quero dizer não estou dizendo isso porque…

Pierre: O que você vai fazer? Voltemos à pergunta.

Bruce Lee: (risos) Ok.

Pierre: Você vai ficar em Hong Kong e ser famoso, ou você vai para os Estados Unidos e ser famoso, ou você vai tentar comer seu bolo e ter isso também?

Bruce Lee: Eu vou fazer ambos porque, entende, eu já decidi que, nos Estados Unidos, creio que algo sobre o oriental, quero dizer o verdadeiro oriental, deveria ser mostrado.

Pierre: Hollywood não tem mostrado.

Bruce Lee: É verdade, cara. É sempre o rabo-de-porco, saltando ao redor, “chop-chop”, você sabe? Com os olhos puxados e tudo aquilo. E eu acho que é isso mesmo, muito defasado.

Pierre: É isso retifica que o primeiro trabalho que você teria, estava sendo emitido como o “Filho Número Um de Charlie Chan”?

Bruce Lee: Sim, “Filho Número Um”. (Os dois ríem).

Pierre: Eles nunca fizeram o filme?

Bruce Lee: Não, eles iam fazer como um novo James Bond chinês ou coisa do tipo. Agora que, sabe, “o velho homem Chan está morto, Charlie está morto, e o filho dele está continuando”.

Pierre: Oh entendo. Mas eles não fizeram isso.

Bruce Lee: Não, veio o Batman entende. E então tudo começou a entrar naquele tipo de coisa.

Pierre: Como em “O Besouro Verde”?

Bruce Lee: Sim.

Pierre: No qual você estava…

Bruce Lee: A propósito, eu fiz um trabalho realmente terrível nisso, eu tenho que dizer.

Pierre: Verdade? Não gostou de você nisso?

Bruce Lee: Oh, não.

Pierre: Eu não o vi. Porém, deixe-me lhe perguntar, sobre os problemas que você enfrenta como um herói chinês num seriado americano. As pessoas já te disseram: “bem nós não sabemos como o público vai aceitar um não-americano?”

Bruce Lee: Bem, essa questão foi levantada. Sim, há essa discussão. E é provavelmente o
motivo que “O Guerreiro” não saia.

Pierre: Entendo.

Bruce Lee: Entende? Porque, infelizmente, essas coisas existem neste mundo, entende. Como, sei lá, em certas partes do país, certo? Eles acham que, comercialmente, é um risco. E eu não os culpo… eu não os culpo. Quero dizer, da mesma maneira, como em Hong Kong, se um estrangeiro viesse e se tornasse um astro, se eu fosse o homem do dinheiro, eu provavelmente teria minha própria preocupação se ele seria ou não aceito. Mas tudo bem, porque, se você se expressa honestamente, não importa, entende? Porque você vai fazer isso!

Pierre: Como sobre o outro lado da moeda? É possível que você, quero dizer que você é razoavelmente anca, e razoavelmente americanizado, você é muito ocidental pro nosso público oriental, você não acha?

Bruce Lee: Eu… oh cara! De forma alguma… Eu fui criticado por isso!

Pierre: Você tem, né?

Bruce Lee: Oh, definitivamente. Bem, deixe-me dizer isso: Quando faço filme chinês eu dou o meu
melhor para não ser tão… americano como, sabe, quanto tive de ser nos últimos 12 anos nos EUA. Mas, quando volto aos EUA, parece ser ao contrário, sabe o que quero dizer?

Pierre: Você é muito exótico, né?

Bruce Lee: Sim, cara. Quero dizer que eles estão tentando conseguir que eu faça muitas coisas que são realmente por eu ser exótico. Entende o que estou tentando dizer?

Pierre: Oh seguramente.

Bruce Lee: Assim, isso é realmente, quero dizer…

Pierre: Quando você mora em ambos os mundos, traz seus problemas como também suas vantagens, e você tem ambos. Tempo para ir ao comercial. Estaremos de volta em instantes, com Bruce Lee. Me deixe lhe perguntar se a mudança da atitude por parte da administração Nixon pra China ajudou suas chances de estrelar em um seriado americano?

Bruce Lee: (risos) Bem, em primeiro lugar, isso aconteceu antes disso. Mas creio que coisas de chinês serão bastante interessantes durante os próximos anos… Não quero dizer que estou politicamente inclinado pra qualquer coisa, sabe, mas…

Pierre: Entendo, mas só estou querendo saber…

Bruce Lee: Mas quero dizer, que uma vez a abertura da China, sabe, quero dizer, que, trará mais compreensão! Mas são coisas que, ei, como diferente, sabe? E talvez no contraste de comparação alguma coisa nova poderia crescer. Então, assim quero dizer que é um período muito rico estando dentro. Quero dizer como, se eu nasci, digamos 40 anos atrás e se eu pensei em minha mente e disse, “menino, eu vou estrelar em um filme, ou estrelar em um seriado na América”, bem… isso poderia ser um sonho vago.
Mas penso, agora mesmo, pode ser, cara.

Pierre: Você ainda pensa em você como um chinês ou sempre pensa em você como um norte-americano?

Bruce Lee: Sabe o que quero pensar de mim mesmo? Como um ser humano. Porque, quero dizer, não quero soar como pergunta a Confúcio, digo… (brincando), mas sob o céu, sob o firmamento,
cara, há apenas uma família. E é exatamente assim, acontece que as pessoas são diferentes.

Pierre: Ok, temos que ir, obrigado Bruce Lee por ter vindo aqui, e obrigado por assistir…

Bruce Lee: Obrigado, Pierre, obrigado.

Você tem visto Bruce Lee, no Show de Pierre Berton. Um programa de meia hora de conversação, opinião e debate.

Entrevista traduzida e editada por:
Vinícius S.A.

124 comentários sobre “Filosofia

  1. TIAGO UBERLÂNDIA

    Eu cada vez que conheço mais sobre sua história mais eu o admiro.Grande mestre, Super mestreeee

  2. vinny luz

    em jeetkunedo vc deve atacar rápido e firme o jeetkunedo é como o krav maga um arte para defesa pessoal.

  3. willian tito

    JEET KUNE DOO NA VERDADE É O NÃO ESTILO Q BRUCE CRIOU…
    OU SEJA… MINHA DEFESA SERÁ CONSEQUENCIA DE SEU ATAQUE… NÃO USANDO MOVIMENTOS PADRONIZADOS!! EU ACHO Q EH + OU – ISSO!!!

  4. vinicios

    A fama eo sucesso fazian com que o método que bruce lee utilizava para ensinar o wing tsun fosse copiado por professores e mestres d outros estilos de kungfu, isso o eixava furioso e, instando por amigos resolveu, embora continuasse a ensinar o mesmo estilo, dar um nome diferente para o seu método, a fim de distigui-lo dos demais. bruce lee escolheu o nome jeetkunedo ainda quandoestava em seattle. bruce lee enfantizava que jeetkunedo não era um estilo e também não era um esporte, ele era defesa pessoal sim um método de ensinar a arte marcial, adaptando-a as necessidade pariculares de cada individuos. bruce lee abordou por um novo ângolo, praticamente todos os movimentos do estilo wingtsun. dessa forma tentava expressar o wingtsun de uma maneira que a seu julgamento fosse mais eficiente para um confronto real de rua.

  5. vinicios

    o principal conceito é do kungfu exemplo: wingtsun,taichihcuan,pakua,choylayfut,louva-a-deus do norte, luva-a-deus do sul,shaolin do norte,shaolin do sul.estilo do macaco.estilo da águia,estilo tigre branco,estilo garça.etc

  6. vinicios

    é claro que tem outros conceitos de outras artes marciais como exemplo: judo,muay thai,Aikido,ju-jitsu,boxe,Hapkido,kali,etc

  7. cheto

    perguntas: qual a diferença entre o jeetkunedo e as outras artes marciais? : o jeetkunedo é uma arte marcial de defesa pessoal?

  8. vinicios

    O bom praticante de kungfu é como a água porque? porque. a água não pode ser contida e com isso eu quero dizer agarrar ou pega. você não pode socá-la e feri-la então seja macio como a água e flexível seja amorfo ” sem forma ” como água a água pode fluir ou pode Arrebentar. seja água meu amigo ” você lutará como você treina”

  9. vinny luz

    bruce lee desenvolveu seu próprio método de kungfu que ele descrevia como de natureza não -clássica e que tem no âmago os principios da economia de movimento e simplicidade.

  10. vinicios

    é comum o principiante de kungfu ver nesta arte apenas seu lado físico, suas técnicas de combate, sua aplicação prática à defesa pessoal. é preciso que o estudante de kungfu evolua em tempo de prática e em amadurecimento pessoal para que possa compreender sua arte como um todo e não apenas como um grupo isolado de técnicas combativas.A medidaa que o praticante vai progredindo em seus treinos vai conseguindo desenpenhar as técnicas com grande habilidade. lançará chutes e socos com perfição, fará bloqueios e esquivas com eficiência,será capaz de entrar em uma luta com uma certa tranquilidade e segurança contruída através de sua confiaça na capacidade de desferir e defender golpes.

  11. vinny luz

    o jeetkunedo é uma arte marcial de defesa pessoal em siuações reais.criada por ” bruce lee” jeetkunedo abrange vários conceitos ou estilos de lutas eo principal é o kungfu chinês.EXEMPLO: wing tsun,taichichuan,louva a deus ,chin-na.

  12. vinicios

    bruce lee aprendeu kungfu, mas precisamente o estilo wing chun mais depois formou outro estilo jeetkunedo que pegou golpes do wing chun ,boxe,judo ,boxe tailândes,?

  13. vinicio

    o jeetkunedo é baseado nas técnicas do kungfu chinês tradicional.há muitas técnicas de judô =jiu-jitsu=além de vários elementos do boxe ocidental = savate=boxe tailândes. para entender o jeetkunedo, você deve selivre de todos os idéais ,padrôes, e estilos
    vinicios
    ‘ xie xie su bai

  14. vinicio

    bruce lee era mestre na arte que lele criou , o jeetkunedo. porém ,ele mesmo não a classicava como uma arte marcial ,na concepção mais comum da expressão, e sim como uma filosofia, que poderia ser aplicada a qualquer pessoa. a base do jeeetkunedo éo wing chun que bruce lee aprendeu em hong kong, com omestre yip man. porém ,ele nunca concluiu seu treinamento.dos seis níveis do sistema wing chun, bruce lee concluiu o primeiro e iniciou o segundo. mesma assim, é fácil para um praticante notar que a base do jkd é de fato, o wing chun. alguns entusiastas do jkd costumam afirmar que bruce lee estudou diversos sistema de combate, e sintetizou o jkd como uma espécie de ” misturas” de todos eles, o que não é verdade. o próprio bruce lee declara que o jkd nada mais é do que o wing chun modificado com algumas coisas que ele estudou ao logo da vida. os golpes diretos, principalmente com o membro na frente, os golpes com os dedos, as interceptações, os estudos sobre timing , distância e posicinamentos, as armadilhas, tudo isso são os conceitos básico que bruce lee aprendeu no primeiro nível do sistema wing chun. aqueles chutes baixos e diretos, visando as permnas do adversário, ele aprendeu no pouco tempo que treinou no segundo nível.dizem os especialistas que bruce lee tentou compensar com seus estudos posteriores o que seu mestre yip man se recusou a ensinar, por se sentir traído por causa da sua ida para América. para os chineses, o mestre sifu era como se fosse pai, eo sentimento de yip man era que o tinha abandonado em troca de fama e dinheiro.bruce lee foi apresentado às artes marciais inicialmente pelo seu pai lee hoi chuen, onde aprendeu os fundamentos do estilo wu do taichichuan . bruce lee aprendeu wing chun dos 13 aos 18 anos com o famoso mestre yipman. no qual foi introduzido ao estilo pelo seu amigo william cheung em 1954 anos mais tarde, o próprio william cheung disse que bruce lee evoluiu muito rápido no wing chun ultrapassando em pouco tempo a habilidade de muitos alunos mais antigos. como muitas escolas de artes marciais na época, os alunos eram ensinados por outros alunos mais graduados. mas yip man começou a treinar bruce lee privatimente após alguns alunos recusarem-se a treinar-lo , pois de sua mãe não era totalmente chinesa ea maoria dos chineses naquele tempo recusavam-se a ensinar artes marciais aos ocidental e aos mestiços. bruce lee parou de treina wing chun com seu mestre quando mudou-se para os EUA. Após alguns anos ,bruce lee voltou a china para convencer seu mestre a terminar o seu treino , mas por motivos ainda não totalmente esclarecidos, yip man negou-se a terminar de ensiná-lo e pediu que um outro aluno avançcdo terminasse o treimno de bruce lee .mas bruce lee declinou a oferta do seu mestre yipman. a partir dos 25 anos bruce lee intensificou os seus treinos, utilizando ao máximo e até ultrapassando o potencial de seu corpo, muitas vezes causando algumas leões. como por exemplo, alesão que teve na coluna, chegando a ficar paralítico por 6 seis conseguir voltar a treinar. bruce lee também treinou boxe ocidental e ganhou um campeonato de boxe em 1958 contra o três vezes campeão ” Gary Elms” no terceiro round por ko. bruce lee aprendeu também esgrima com seu irmão que tinha sido campeão na época. todos esses conhecimentos adquiridos em diferntes estilos de artes mariais, mas comwing chun sempre predominante, fizeram com que bruce lee pudesse criar um sistema próprio de auto-defesa, denominado por ele de jeetkunedo.

  15. silvio

    Bruce lee mostrou ao mundo que não inporta qual é a sua arte marcial e sim você mesmo, pois você é a peça fundamental você é a arma.

  16. Tenho 27 anos e sou praticante de Kung Fu desde 13 anos. E sempre fui facinado com o estilo de lutar de Bruce Lee, que para mim é o melhor até hoje. Ele sempre será um mito em varias gerações futuras. Um verdadeiro Imortal !!
    Abraços !!!

    Belo Horizonte / MG

  17. Bruce lee é sem duvida o numero 1.Seus estilos sua arte ele tinha uma Filosofia das artes marciais,Jamais existirá outro Igual

  18. Obrigado a todos pelos comentários, agradecimentos, observações e sugestões!!
    Sempre que sobra tempo, busco trazer novas notícias, novas informações a respeito de Bruce e trazer novos conteúdos pro blog. Espero que gostem, pois é o mínimo que posso fazer aos fãs e admiradores deste grande homem!

    Atenciosamente,
    Vinícius S.A.

  19. Admiro muinto o mestre bruce lee!
    ele criou sua propria arte macial era muinto empenhado em seus filmes sempre buscando a justiça e acabando com os inimigos
    um abraço au grande mestre em quem me espiro no
    dia a adia bruce lee!

  20. billy

    bruce lee realmente sabia o que queria, ele erra determinado demais. se espressava com sincerridade, realmente ele mereseu a sua fama pelo nao kung fu mas sim pela art do conhecimento filosofico………

  21. Aquiman Costa

    Desde que o conheci, minha vida mudou para melhor. Sou fã dele… Mestre.

  22. Essa entrevista é sensacional!
    Parabéns pela compilação das frases também.
    No meu blog, tenho um post sobre o Bruce Lee também, lá eu falo um pouco do livro dele que eu li “Aforismos”.

    Estou só começando a conhecer a filosofia dele, mas até agora, foi tudo bastante enriquecedor…

  23. Daniel Fernandes

    Sem dúvida,ele foi o melhor de seu tempo,amante das artes marciais e adorador da procura do conhecimento. Bruce Lee é tido até hj como exemplo no meio das artes e da Filosofia,saudações para o grande mestre

  24. Charles

    Sou faixa preta de tae kwon do,e sempre fui fã das artes marciais,sou acho que o maior admirador do mestre Bruce Lee,tanto é verdade que quando nasceu meu filho,eu fiquei na duvida se o chamava de Bruce ou Brandon,optei por Brandon,pois BRUCE eu tinha vontade que fosse eu.

  25. kevin

    este foi um bom mestre mas quem o insino deve ser um grande mestre eu me inspiro em um grande sufu mestre ipman o mestre de bruce li

  26. DANIEL ROMA

    BRUCE LEE É UNICO. O INTERESSE POR ARTES MARCIAIS NO MUNDO COMEÇOU ATRAVÉS DELE.

    JACKIE CHAN, JET LEE SÃO MUITOO BONS HOJE. NAQUELA ÉPOCA FOI BRUCE LEE.

    O FILME QUE MAIS GOSTEI FOI OPERAÇÃO DRAGÃO. SUA FILOSOFIA É INTERESSANTE, NOS FAZ PENSAR EM SEMPRE MELHORAR.

    ATÉ MAIS

  27. Olá pessoal!

    Bruce foi único.
    Existem grande astros em diversas modalidades de artes. Fred Astaire e Barishinikov na dança e Picaso na pintura por exemplo. Nas artes-marcias tivemos Bruce Lee.
    Um ser humano extraordinário que sem dúvidas foi o maior mestre conteporaneo de Artes Marcias. Ele foi desafiado diversas vezes, e no apogeu de sua forma fisica foi imbatível!
    Não há praticante de JKD que se comparará a ele, e nem praticante de Artes marciais que possa se igualar em determinação, combatividade, inteligência, domínio, técnica e efetividade a Bruce.
    Parabéns por este Blog, que divulga e dissemina a filosofia de Bruce. Pois este é na minha opinião o único legado dele que podemos compartilhar com tão grande sucesso como como Bruce.

    Sds

    Robert M.

  28. Bonfim

    Parabéns para esse site.
    Está me ajudando muito no trabalho que estou fazendo para a faculdade. O tema era sobre um mito (a escolher). Vou arrebentar na apresentação.
    Esse cara era espetacular.

  29. Uechim

    Gostei da entrevista e própria mente mais das respostas de Bruce Lee do que das perguntas do entrevistador. Típico Estadunidence tendencioso e prepotênte, que faz perguntas do tipo – vc é 2+2? Há então já sei vc é 4 não é mesmo?!! e não se contenta muito em ouvir- Não eu sou 3…rsrss

  30. franklin

    tudo o que ele diz é verdadeiro i podi funcionar,mais o que eu Franklin grande lutador digo para todos,que quando Jesus, Deus estiver na frente tudo vai dar certo.

    É deixo a minha filosofia para todos os lutador,quando estiver preparado começa.porque o destino é traisueiro,ele vive por nos é nos vivemos por ele.

  31. Esse cara estava caminhando, indo para algum lugar, mas o impediram de continuar infelizmente. Queria saber onde ele iria chegar.

  32. jeet kune do nao é um estilo de cong fu como vcs estao falando

    jeet kune do é a essencia da formação do guerreiro que cria seu jogo marcial com base noq a vida lhe oferece , e isso inclui todas as artes marciais do mundo

    é o caminho livre do artista marcial

  33. petrus

    parabens pela dedicação bruce lee
    adoro ele ele sempre estara
    no minhe cabeça
    uma filosofia um filoso e lutador um genio
    parabens

  34. Marcio

    Interessante! Aqui só permanecem comentários que elogiam, que exaltam, e etc. Prém se alguém discordar do que é dito aqui, mesmo que respeitosamente, como foi meu caso, o comentário não permanece. Então essa é a filosofia Bruce Lee?! De eliminar toda oposição às suas idéias de forma tirânica?! Bom mestre e bons discípulos, porém péssima doutrina! Reafirmo: Bom lutador, excelente coreógrafo, porém hoje não permaneceria de pé com um Anderson Silva no octógono. Como filósofo, há controvérsias, já que há uma fila grande para ele enfrentar, desde o materialismo de Marx ao idelialismo de Niestche, e do orientalismo de Confúcio ao pacifismo de Gandhi, ou o militarismo de Sun Tzu a Trotsky.

  35. Anônimo

    nao concordo com voce mesmo que ele esteja morto
    aposto que o anderson silva não ganha dele porque
    e uma ele esta morto mes nem o anderson silva ganha dele
    fique com suas ideias e respeite as dos outros

  36. petrus

    não concordo com voce a aranha que falam
    o apelido do anderson silva so pelo chute
    não é nd o bruce lee faz melhor

  37. guerrero vermelho

    eu nao conhecia a verdadeira estoria de bruce vendo as suas filosofia aprendi a respeitalo cada ves maim pois ele era um homem sabio e conhecedor da vida humana ..um guerrero de verdade, meu nome e guerrero vermelho sou um vencedor minhas derrotas sao para o meu aprendisado vou vencer sempre na vida ….. como brucee pra sempre serei lembrado…

  38. guerrero vermelho

    infeslimente as pessoas tem livre arbitrio pra dizer o que pença mas as palavras de bruce e a mais pura verdade ,se as pessoas fossem como a agua nao sofreriam tanto na vida como eu que era fraco mas hoje tenho orgulho de diser que sou um vencedor , e nada mas me atinje porque os seres humanos sao traiçoeiros e covarde com os sentimentos do prossimo .e bruce lee mereçe ser lembrad0 pra sempre com um homem digno e honrrado..
    ass guerrero vermelho

  39. petrus

    concordo plenamente o bruce lee merece mais que isso se pudesse eu falaria com ele e agradeceria muito pela sua honra e mesmo sendo chines tendo muitos preconceito lutou.
    Bruce lee voce é a honra do mundo a honra do wing chun a honra do kung fu parabéns pela dignidade que teve bom o bruce lee foi uma das coisas que me istimulou na luta bom se alguém tem algo ruim a dizer a voce não ligue seja que nem o bruce lee iguinore e seja feliz pelo que é na verdade seja ele ou mais provavel seja voce obrigado bruce obrigado por tudo que deixou a gente.
    ASS:Petrus.

  40. william rodriguez

    o maior lutador que o mundo já conheceu.,e após a sua morte nehum outro conseguiu e já mas conseguirá tomar o seu lugar (o grande mestre bruce lee)

  41. Leonardo

    Bruce Lee se tornou uma lenda , qndo jovem demonstrou mais do qe sua força e agilidade demostrou sua humildade pena qe morreu cedo , para sera lembrado para sempre , por seus seguidores eternos do kung fu e dessa lenda ,

  42. vinicios

    assisti uma lutar de um homem,enfrentava oito oponentes e derrotou todos
    o no desse homem era lee jun fan assistir esse no you tubiiiiii

  43. Jardel dos Santos Cavalcante

    BRUCE LEE teve um conhecimento interior de nível astronômico, sua inteligencia e seu poder de compreensão era fascinantes.
    Admiro-lhe por tudo que ele era e representa como totalidade abstrata e concreta. Vejam ninguém chega onde ele chegou atoa, ele pra mim é e sempre será O GÊNIO DAS ARTES MACIAIS.
    ( Jardel dos Santos)

  44. Andre jiu-jitsu

    Bruce lee´para sempre o imortal em nossos coraçães inteligencia agilidade fascinantes,

  45. Dorgival

    Bruce Lee sempre será a melhor estrela nas artes marciais agilidade, força física e raciocínio rápido completando seu pensamento objetivo de ser insuperável.

  46. erick

    bruce lee é o melhor mestre das artes mcias do kung fu , jet con do e se ele estevesse vivo ainda eu não ia querer fazer aulas de kung fu com nenhu mestre de kung fu a não ser o bruce lee eu só ia querer fazer aulas de kung fu com o verdadeiro mestre das artes macias de kung fu ou jet cun do ele sim apreciava o kung fu e eu vou ser igual a ele como o bruce lee disse uma vez nada é impossivel se vc falar q ela é impossivel mas se vc falar q ela é impossivel ai sim ela vai se tornar impossivel

    ass:erick

  47. um doido falo que um dia vai ser como ele ?
    AHUHUAHUAUHA’
    lamentavel
    poucos chegaram e vao chegar um ele esta
    o Mestre Ip Man , no filme O GRANDE MESTRE mostra a historia de seu mestre , no final aparece o bruce lee piqueno querendo aprender o melhor estilo de luta do norte

  48. EU SOU FANTICO NOS FILMES DO BRUCE LEE.EU PRATICO HAPKIDO,MUITAS COISAS QUE APRENDI FOI O QUE ELE DEIXOU PARA AQUELES QUE QUEREM APREDEREM SEUS ESTILOS DE LUTAS.UM ABRAÇO A TODOS

  49. walter

    Bruce Lee, foi o autor da melhor das filosofias do homem, mais bem aplicada na sua arte (as lutas), a sua sabedoria e rapidez igualava-se á luz, por ser rápido, brilhante e eficaz.

  50. Claúdio Pereira

    Sou pesquisador de conceitos de JKD há 30 anos, e gostei muito do seu blog. Tenho um video no you tube sobre o meu trabalho, que gostaria que você visse. Muito obrigado por sua atenção ,espero que possamos manter contato para falarmos sobre JKD e Bruce Lee.

    Video: JKD CONCEPTS GRUPO JUN FAN – THE STREET FIGHTER METHOD

  51. bruce lee para mim foi e sempre sera o melhor não no combat
    pois talvez ele descordasse mas na filosofia marcial e no combat de lutar sem lutar…

  52. gislene fernandes

    cresci vendo esse kra, ele era pra mim um exemplo, meu pai me fez gostar do mundo das artes marcias e bruce lee sempre foi o meu astro, ainda hoje cinto pela presença dele, era um grande lutador e filosifo.

  53. bruce lee você é imortal bruce lee você é o melhor.eu só queria saber qual foi as lutas que você misturou sera que alguem pode me dizer sou um grande fã tenho quase toda a coleção de seus filmes

  54. Dorgival

    Bruce Lee, o mais completo das artes marciais. Sou fã desde o primeiro livro que vi dele.É bom ainda ver alguns de seus alunos atuando, (Chuck Norris e vários outros) Que vale á pena ver esses filmes.Operação Dragão, tenho e já vi umas CEM vezes. rsrsrs

  55. vando1968

    eu sou o pastor vando discípulo do mestre dos mestres JESUS CRISTO. morreu e ressuscitou vencendo a morte e dando a vida eterna para todo aquele que nele crer usando um só estilo o amor verdadeiro como exemplo vivo ensinando que a verdadeira luta não e contra a carne e nem o sangue mas sim contra seres espirituais da maldade que flutuam no espaço demônios usando a sua inteligência maligna para destruir os seres humanos que e a imagem e semelhança de DEUS para finalizar eu era fã do Bruce mais ele morreu porque não quis ouvir a voz da sabedoria quando a sua esposa chamou ele para voltar para sua terra natal e ele deixou-se levar pela ganância da fama e foi destruído pelo seu intelecto carnal se deixando levar pelo impulso irracional não buscando resposta da sabedoria suprema que e DEUS criador de todos os universos nas escrituras sagradas que e a Bíblia onde eu o vando encontrei respostas para tudo aqui na terra e em breve nos céu quando eu mim encontrar com Ele JESUS CRISTO O PROPRIO DEUS EM CORPO E ALMA RESSURRETO estarei com Ele para sempre em um corpo imortal semelhante os dos anjos eu e você que esta lendo esta mensagem e crer que só existe um caminho para a vida eterna JESUS CRISTO O SALVADOR DAS ALMAS, AMEM.

  56. Anônimo

    Engano seu pastor não entende nada de artes marciais seu conhecimento é limitado . Artes marciais não tem nada a ver com Budismo ou qualquer outra religião ou Bruce lee . mais ele nesse campo foi destaque como professor de uma filosofia marcial que soube alcançar um nível técnico excelente . se não sabe artes marciais significa expressar-se honestamente o que poucos cristãos sabem fazer de verdade . jugam como se fosem homens convertidos ser cristão é lutar até o fim no propósito maior que é O SENHOR E SALVADOR JUSUS CRISTO. não precismos bancar o pastor por isso é dadiva do espirito de Deus. assim foi para os apostolos de cristo que mesmo vivendo com ele fugiram no momento difícil ;pedro o traiu. saiba que a luta de cada um é única mas não só. Amem

  57. Anônimo

    nao interessa todos os os lutadores e pessoas se deslumbram e tiveram nemque seja um pouco de base e fascinaçao por bruce lee

  58. Glória a Deus! E amém! Só não seja um sedentário, como muitos cristãos por aí que seguem a palavra de Deus e esquecem do que o próprio Deus diz… Cuide do seu corpo, pois é um templo onde habita o espírito santo, não deixe esse espírito morrer, preserve este templo, não fique parado esperando o milagre chegar dos céus. Para vencermos, devemos aprender a lutar, por exercícios em prática, pregar e absorver a palavra de Deus, perseverar e trabalhar duro.”

  59. EVERTON DIVINOPOLIS

    tem gente ki ainda nao acredita tipo voce leo magrelo ass. play boy

  60. EVERTON PLAY BOY DIVINOPOLIS

    ANDERSON SILVA ELE E BOM ….. MAS BRUCE LEE E INSUPERAVEL INCOMPARAVEL….MESTRE

  61. edson

    bruce lee para mim significa muitas coisas por que eu vi todos os filmes dele quando era um polco menor e hoje eu tenho 13 anos e tenho orgulho e te visto os filmes do bruce lee eu sempre quis e quero ser igual a ele mais ele e insubstituivel se eu algum dia ser famoso lutando sempre vou me lembrar do bruce lee e do seu jeet kune do.

  62. edson

    eu gosto muito do bruce lee quero ser igual a ele lutar o famoso jeet kune do mais a aula deve ser muito caro mais mesmo assim vou tentar ser igual a ele como um otimo lutador vou ter um otimo carater.

  63. Bruce lee está para as artes marciais assim como os Beatles estão para a música. Enquanto existir alguém que de um soco,mesmo que de brincadeira, lembrará Bruce Lee.Desde que comecei a pesquisar a história de luta e de vida de Bruce,isso desde 1980,me levou a mudar o meu estilo de treino e vida.Marcou muito para mim aquele dizer “a forma amorfa”,comecei a prestar mais atenção no estilo de kung fu que eu praticava,que era o shaolin do norte.Muito eu mudei,não no estilo que é maravilhoso,mas na minha própria maneira de ver o que eu fazia e como eu via a arte, e comecei a entender a mim mesmo.

  64. Olá!eu preciso expor algo sobre o JKD e o WT,eu estudo JKD teoria por 6 anos,desses são 3 anos em treino aplicado a combate,quero dizer que qualquer praticante de JKD por mais que treine será uma criança em frente a um combate contra um praticante ou Sifu do completo sistema Wing Chun!Deixo aqui o meu ponto de vista,isso porque o JKD que eu vejo hoje no Brasil e outros países não passa de pura sensação,já o Wing Chun do Brasil pode-se dizer que expressa todos os conceitos do sistema,tendo como base a escola do Sifu Peterson Menezes e do Sifu Monerat,claro que o que consegue expor sua abordagem JKD e que eu penso como algo sério e não robótico e bastante fluido seria o MMJKD de Fernando Matesunaga!Espero comentários sobre abordei.

  65. Anônimo

    BOM DIA A TODOS GOSTARIA DE SABER SE REALMENTE ELVIS PRESLEY TEVE AULAS COM BRUCE LEE. COMO VIVE A VIUVA DE LEE E SUA FILHA. EM QUE FIM DEU O RESULTADO DA MORTE DE BRENDON LEE, E CONDIÇÕES FINANCEIRA DA FAMILIA LEE

  66. O Bruce Lee é INMORTAL ,ELE CRIOU o punho de NHUNG CHU NA SUA HISTÓRIA VERDADEIRA MEU TÁ TA RA VO ERA AMIGO DE UM DE SEUS FILHOS ELE FAZIA GUNG FU , EU SOU FÃ DO BRUCE LEE.

  67. Adriano Rodrigues

    gostei e gosto de td sobre bruce lee, acompanho e assisto sempre filmes antigos, tinha ate uma academia em casa rsrs criança improvisa td tchaco de cabo de vassoura e assim vai….rsrs respeito e estou entrando nesse universo de aprendizagem que deveria ter me aprofundado mais antes, ja estaria bem evoluido mas nunca é tarde como disse o mestre, vms nso desviar das dificuldades…. abrax a tds….Adriano

  68. jonas

    Bruce venceria Anderson silva muito Fácil, não desmerecendo Anderson mas Bruce tinha muito mais preparo físico e muito mais técnica.

  69. Anônimo

    COMO NÃO VENDER ESSE ARREGÃO, TENHO VERGONHA, PODE FAZER COMENTARIOS SOBRE OUTRA PESSOA, ESQUECE ESSE CARA, QUE ALEM DE GANHAR MUITO E UM TREMENDO BABACA….

  70. Aluno eternal

    Bruce é Top, tanto pelas palavras pronunciadas que saíram da sua boca do quanto elas tinham o real impacto!

  71. Aluno eternal

    TSSSSS…. It is a tragedy! Reading comments empty of any ….ahhhh vou deixar pra lá. Eu estou muito grato para os tesouros inigualáveis que Mestre Bruce Lee deixou para aqueles que têm o CORAGEM de aplicá-los…. Perplexo, então eu me contentarei de chamar atenção para quem isto é : alimentação da mente …
    “Nunca discuta com pessoas burras, elas vão te arrastar ao nível delas e ganhar de você por ter mais experiência em ser ignorante”
    ―Mark Twain

    Temos um Vencedor ……

  72. Marc Mend

    “Ninguém pode fazê-lo sentir-se inferior sem o seu consentimento.”
    Não é uma frase do Bruce Lee mas sim de Eleanor Roosevelt

  73. Pessoal, tem uma frase que eu li num livro sobre o Bruce Lee…não lembro se o livro era dele ou uma bibliografia dele.
    Lembro um pouco dela, era mais ou menos assim:
    “…tome meus olhos e tomarei seu coração, tome meu coração e tomarei sua vida, tome minha vida e tomarei sua alma…”

    Alguém conhece, sabem me dizer qual é o nome do livro?
    Se souberem essa frase inteira…gostaria muito de relembrar :)

  74. fabio

    Qualquer homem a qualquer momento se quiser me desafiar eu estarei la
    Bruce lee fez uma placa com isso escrito e colocou na frente da sua academia
    nao pq ele queria mostrar que era o melhor mas pq ele queria aprender todas as tecnicas possiveis e foibaseado nesse apre dizado que ele criou o jeet kune do
    Uma arte marcial que nao eh baseado em nenhum estilo especifico mas baseado no melhor do que ha de melhor em todos os estilos

  75. Anônimo

    Sim Fabio, eu concordo plenamente com o que você escreveu, muita gente não se dá a pena para refletir sobre o tema, o conceito e tudo o que vem por trás do enuncio do Bruce, a motivação Dele era *** construtiva. Essa gente é, muitas vezes por quê o precioso lugar que deveria ter o nosso dialogo não é bastante presente. Quero dizer também que, a prosa do Bruce que Gustavosdo tem colocado, lá bem acima do seu comentário….é boa. Desculpe pelos erros, como você já provavelmente notou, o português não é a minha língua materna. Pessoalmente, eu desejo deixar essa famosa frase do Bruce que para mim, combina altamente bem com o comentário do Fabio : “Esvazie sua xícara primeiro, só então você poderá provar meu chá. Afinal de contas a utilidade da xícara está em poder esvaziar-se. Abra sua mente para receber novas idéias.”

    Essa última acima é portadora de tantos sentidos aplicáveis e afastando do mesmo jeito coisas tipo : preconceitos, racismo, religião, bom …eu acho que isso dá bastante para entender. Tchau Mundo em grande reflexão. Abraços. Aluno@

  76. Aluno

    Sim Fabio, eu concordo plenamente com o que você escreveu, muita gente não se dá a pena para refletir sobre o tema, o conceito e tudo o que vem por trás do enuncio do Bruce, a motivação Dele era *** construtiva. Essa gente é, muitas vezes por quê o precioso lugar que deveria ter o nosso dialogo não é bastante presente. Quero dizer também que, a prosa do Bruce que Gustavosdo tem colocado, lá bem acima do seu comentário….é boa. Desculpe pelos erros, como você já provavelmente notou, o português não é a minha língua materna. Pessoalmente, eu desejo deixar essa famosa frase do Bruce que para mim, combina altamente bem com o comentário do Fabio : “Esvazie sua xícara primeiro, só então você poderá provar meu chá. Afinal de contas a utilidade da xícara está em poder esvaziar-se. Abra sua mente para receber novas idéias.”

    Essa última acima é portadora de tantos sentidos aplicáveis e afastando do mesmo jeito coisas tipo : preconceitos, racismo, religião, bom …eu acho que isso dá bastante para entender. Tchau Mundo em grande reflexão. Abraços. Aluno@

  77. bram stoker

    sou sectário da filosofia de bruce lee, tenho toda a coleção de filmes dele, bruce não considerava seu estilo de luta, um estilo e sim um método !ou seja um estilo sem estilo,basicamente ele usou fundamentos e princípios do sistema wing tsun,mas alguns deles ele condenava como a postura Yee Gee Kim Yeung Ma ,mas bruce não chegou a treinar todo o wing chun, ele ficou retido até o chum kiu, não chegou a treinar o biu jee, nele voce se liberta dessa postura, sendo que muitas tecnicas, são de sair da linha central (não é só uma!) e voltar com segurança, chegar vou para por aqui.

  78. bram stoker

    “Aproxima-se de JEET KUNE DO com a idéia de dominar a vontade. Esquece a vitória ou a derrota; esquece o orgulho e a dor. Deixa teu adversário arranhar a tua pele e esmaga a carne dele ; deixa-o esmagar a tua carne e fratura-lhe os ossos; deixa-o fraturar teus ossos e tome a vida dele! Não te preocupes em escapar ileso; deixa tua vida diante dele!”

  79. Aluno

    Aikido inclusiva? Está certo disto Miguel? Poderia desenvolver seu ponto de vista de forma esclarecedora ? Obrigado
    Namaste-

  80. andreza

    bruce foi um grande lutador japones que pena que morreu na faucidade porque tinhan emveja dele porque ele era um dos mais lutador do mundo eu sou fan dele eu tanbem tenho a sina como ele teve meu nome e andreza gosto de artes marciais e um dia lutarei que nem ele.

  81. marcelo trigueiro

    Ao mestre com carinho , Bruce Lee sábio mestre respeitado , copiado e também admirado por todos que amam as artes marciais principalmente as que usam a mente como principal arma esse cara teve , tem e sempre terá o dom um abraço com 100% de respeito MESTRE Bruce Lee.

  82. Daniel

    achei esse site sobre a filosofia de bruce lee, site brasileiro, muito bom também.:http://www.jkd.com.br mas em relação a conteúdo esse blog está de parabéns, muito bem feito e completo. sou fan de bruce lee e sua filosofia serve de inspiração para buscar uma pessoa melhor em mim/em voce…

  83. Anônimo

    Este fórum é para mim um Dojo virtual aonde posso veicular ideias novas, uma partilha da nossa paixão comum via o Blog do Vinicius patrocinado pelo Bruce Lee em Espirito. Estou grato por isto, qualquer que seja a Arte Marcial que praticamos, os laços dela nós unem.

    Namaste-

  84. Anônimo

    ate depois da morte continua abrindo os olhos de muita gente para a importancia da arte macial obrigado lee jun fan

  85. Na verdade ele disse que “99% desse negócio de autodefesa oriental é besteira.”, mas se referia aos estilos tradicionais que não evoluiam, não progrediam.

  86. Negativo. Ele não treinou somente com Yip Man dos 13 aos 18 como muitos pensam, mas sim com Wong Shun Leung depois que passou a morar nos Estados Unidos. Que foi onde também treinou Biu jee.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s